vietna trip viagem asia dicasQuando comentei com alguns amigos brasileiros que iria para o Vietnã, eles me perguntaram curiosos “O que você vai fazer lá?”. O que muita gente não sabe, e eu também não sabia antes de vir à Ásia, é que o país é um destino muito turístico, tem praias lindas e cidades históricas.

Escolhemos o Vietnã porque em muitas regiões do sul da Ásia, junho e julho são os meses das monções (chuva sem parar durante dias). Tivemos que tirar a Thailândia do roteiro devido a isso, quase não fomos à Hong Kong porque a previsão era de chuva e trovoadas todos os dias (apesar de não termos pego nada disso) e focamos na parte central do Vietnã, já que no norte e sul também é rainy season. Além disso, outro fator que nos levou a escolher o Vietnã é que a sua moeda é muito, muito desvalorizada – 1 US dólar = 21.750 dong – o que torna a viagem relativamente barata.

A trip começou em Hong Kong (leia mais aqui e aqui) e de lá pegamos o Vietnam Airlines para Hanoi, a capital e cidade mais antiga do país. Hanoi é o ponto de partida para Halong Bay, um dos lugares mais impressionantes. Uma baía com mais de 3 mil pequenas ilhas formadas de calcário e repletas de vegetação. A distância entre ambas cidades é de 170km, mas a viagem dura de 3 a 4 horas, por causa das condições da estrada e das motocas sem-noção.hanoi capital cidade antiga historia flores pobreza

ha long bay cruzeiro montanha mar vietnam

Depois de três dias e duas noites cheias de atividades em um cruzeiro no meio de Halong Bay, o transfer nos levou de volta para Hanoi e de lá pegamos um avião para Nha Trang. Era hora de relaxar em um resort a beira-mar, só curtindo fazer nada rsrsrs. Foram quatro dias assim, suficientes para descansar das próprias férias e conhecer a cidade e as pequenas ilhas com praias paradisíacas.nha trang resort praia destino ferias relax piscina

O visto para o Vietnã é muito simples de conseguir. Se você chegar ao país por via aérea, é possível fazer o visa-on-arrival. É só solicitar a carta de aprovação pela internet e aplicar o visto no aeroporto mesmo. Mas tem que ter um pouco de paciência, pois geralmente é preciso esperar uma hora ou mais no aeroporto, dependendo do movimento. Se você chegar ao Vietnã por terra, o visto deve ser feito direto na Embaixada do Vietnã no Brasil. Mas voltando ao visto online, tem vários sites que fazem esse serviço e te enviam os documentos para solicitação do visto.  Eu decidi fazer pelo site oficial de vistos do Vietnã, que é alguns poucos dólares mais caro que os outros, mas pelo menos é oficial. Ao total pagamos US$62 de visto por pessoa (US$17 para a carta de aprovação + US$45 de carimbo), uma entrada com permanência de um mês. Salgadinho né!?

Mas enfim, vale a pena, porque no Vietnã se paga pouco pelo transporte, alimentação e hospedagem. E claro, os gifts e souvenirs também são baratinhos e umas gracinhas. E é o que todo viajante adora trazer de volta na mala, não é mesmo?

Nos próximos posts vou escrever mais detalhadamente sobre cada lugar. É uma viagem incrível e quero passar pelo menos um pouco do encanto que senti em cada passeio.

Vamos nessa?