chineses comem cachorro?

Quando se fala em “China”, “culinária”, “cachorros”… tenho certeza que sempre surge essa pergunta na cabeça de muita gente! Comigo acontece seguido, quando falo que moro na China, pronto, alguém pergunta (em tom de brincadeira, mas com um fundo de curiosidade): você já comeu carne de cachorro? Bom, é claro que não! Primeiro, eu nunca vi para vender e segundo que, para mim cachorro é um animal de estimação (sou apaixonada por dogs) e eu jamais teria coragem de comer a sua carne. Mas sei que tem esta história de que chineses comem cachorro e confesso que fico intrigada em quase não ver cachorros de rua por aqui. Sempre me perguntava, será que a China tem um controle muito bom de reprodução de animais ou será que eles resgatam o cachorro e servem de janta?

Nesse meio tempo em que estou na China e tenho mais contato e amizade com chineses, sempre que surge a oportunidade eu pergunto sobre esse assunto. Queria juntar informações de várias pessoas e de regiões differences do país, pois assim como no Brasil, as tradições na China podem mudar de acordo com a região. Afinal, a gente lê de tudo na internet e na maioria das vezes, não sabe nem a fonte, então, nada como ir direto a fonte, ou seja, os chineses.

Então, respondendo a pergunta do título do post, a carne de cachorro fez parte da dieta dos chineses por mais de mil anos. No interior da China, até uns 10 anos atrás, era muito comum comer carne de cachorro, além de coelho, porco e vaca. Mas o cão não era visto como um animal de estimação, e sim como um animal selvagem e ele era tratado e alimentado como tal.
 .
Eles costumavam temperar a carne do animal com ervas e temperos chineses naturais e deixar cozinhando por muitas horas. Chegou a me dar uma dor no coração quando a chinesa começou a me contar o modo de preparo da carne. É horrível pensar nisso, mas por um lado, eu até entendo, sabe!? (Entendo, mas não concordo, diga-se de passagem). Eles cresceram em uma cultura diferente da nossa, que acreditava que o cachorro era mais um tipo de alimento e não um animal para se ter dentro de casa ou como um amigo. Se formos parar para pensar, é a mesma relação que nós ocidentais temos com o boi e a vaca, não é?! Eu tenho pena do animal sim, mas não deixo de come-lo, meus pais me ensinaram a comer carne bovina quando criança, quando eu ainda nem tinha consciência de onde vinha aquilo que estava no meu prato. É tradição! Sem falar que o chinês é um povo que já passou muita fome, então aprenderam a comer tudo o que tinham acesso, ou seja, tudo que caminha, rasteja, voa ou nada.
.
Mas hoje, com as críticas, a pressão da mídia ocidental e dos próprios chineses, comer carne de cachorro é um ato cada vez mais raro. Restaurantes não oferecem esse tipo de prato e os pouquíssimos que talvez tenham a carne de cachorro no menu, cobram caríssimo, porque isso é uma iguaria. Até o Festival de Yulin está perdendo forças (ainda bem!). Todos os jovens chineses que conversei, são contra comer carne de cachorro. A grande maioria nunca provou, somente uma amiga que nasceu no interior da China. Mas os mais antigos e mais tradicionais ainda gostam da carne e comem quando há oportunidade. Uma menina de Beijing me disse que no norte do país, há pessoas que ainda catam cachorro na rua e fazem hot pot dele (que horror!). O hot pot é um prato típico dessa região, que consiste em mergulhar carne e vegetais na água quente e comer com muita pimenta.
.
Mas assim, não dá para generalizar “chinês come cachorro!”. Alguns poucos ainda mantêm essa tradição, mas percebo que a maioria é contra e muitos adotam o cão como animal de estimação e o tratam como se fossem filhos.
cachorro poodle camiseta brasil
Esse poodle chinês que encontrei no super, torce para o Brasil :)
Então, se pretende trazer seu pet para o país, não se preocupe que nenhum poodle, shitzu, lulu da pomerânia, labrador ou vira-lata vai virar comida de chinês.