Como contei aqui, Macau pertenceu à Portugal até 1999, quando foi devolvida para o governo chinês. Nessa época e desde a década de 1850, na verdade, Macau tinha algumas casas de jogos e uma lei que permitia apostas. Mas foi em 2002 que a China começou a construir o império dos hotéis de luxo e dos grandes cassinos, na região de Cotai, que continua em constante crescimento. Empresas que estão por trás de grandes cassinos de Vegas, como a Las Vegas Sands Corporation, também estão apostando em Macau. Tanto é, que a rua onde fica o The Venetian e o City of Dreams foi nomeada carinhosamente de Cotai Strip, fazendo referência a principal avenida de Vegas.

Com pouco mais de 10 anos, a região se desenvolveu de forma absurda de tão rápida e está se preparando para receber o Wynn e o The Parisian, entre outros, com direito a Torre Eiffel e tudo (que inclusive já está bem adiantada, pelo o que vi quando estive por lá). Além disso, há notícias de que os cassinos de Macau vem faturando mais do que todos os cassinos dos Estados Unidos juntos.

Atualmente, há cerca de 35 cassinos na Península de Macau e 10 na Ilha de Taipa. O lugar mais fun para ficar hospedado é próximo de Cotai, pois é aqui que ficam os maiores e mais novos hoteis-cassinos.

As opções de hospedagem ainda não são tão grandes como em Vegas, mas são tão boas quanto. A minha escolha foi o Galaxy Hotel, por causa da piscina de ondas (confesso :P), que eu acabei nem usufruindo, pois esfriou nos dias que estive lá. O que não foi problema, já que há uma piscina de água quente e várias jacuzzis maravilhosas a céu aberto. Realmente, o lugar ideal para relaxar. Isso sem falar do luxo e conforto do quarto, do cassino gigante, dos restaurantes deliciosos e das tantas lojas de grife e suas esplendidas vitrines. A estrutura é imensa e realmente incrível!! Me senti em Vegas, mesmo!

Galaxy hotel macau piscina ondas verao

Galaxy hotel macau cassino jacuzzi vegas

cassino galaxy hotel macau sala apostas

Outras ótimas opções para ficar hospedado são: The Venetian Macau, Hard Rock, Grand Hyatt, Four Seasons, Sheraton, Conrad, Holiday Inn, Crown Towers, JW Marriot e The Ritz-Carlton. Ou seja, como podes notar, as melhores redes de hotéis estão aqui (e com preços bem mais acessíveis do que o normal). Todos os hotéis tem transfer para o aeroporto, para o porto, para o centro da cidade e para outros hotéis-cassinos.

Quanto aos cassinos, o do The Venetian é o maior, mas, se você é apostador, não se preocupe, todos os cassinos tem, praticamente, os mesmo jogos: roleta, blackjack, pôquer, máquinas caça-níqueis e outros jogos tradicionais chineses. BTW, o The Venetian de Macau não perde nada para o de Vegas. Tem até os canais de Veneza. E é um lugar ótimo para compras, há praticamente, um shopping center dentro do complexo.

cotai strip macau cassino the venetian

cotai strip hoteis cassinos hard rock crown towers

the venetian casino vegas macau

cassino the venetian luz arvore de natal decoracao

Cassino Galaxy Macau Vegas Asia caça niquel

Decoracao the venetian cassino macau

the ventian macau canal veneza

A noite, o agito é no Soho, que fica no City of Dreams. O City of Dreams é um complexo com cassino, que liga os hotéis Hard Rock, Grand Hyatt e Crown Towers. É aqui que fica também uma das atrações mais imperdíveis de Macau, o The House of Dancing Water. Mas falando primeiro do Soho, este é um espaço de entertenimento, que conta com vários restaurantes. Eu indico o Hard Rock Café (sempreee :P), o italiano Shelter (a comida é maravilhosa) e o espanhol T for Tapas. Em uma das noites que estive lá, tinha até uma dupla de brasileiros apresentando canções de jazz e bossa nova, super agradável! Por alguns momentos até achei que estivesse no Brasil…. :)

soho macau hard rock city of dreams jantar italiano shelter

Para terminar a noite, a maior e mais conceituada casa noturna de Macau, Club Cubic, fica também no City of Dreams.

E sobre o The House of Dancing Water, o que posso falar?! Que talvez foi o show mais incrível que já presenciei na minha vida! Eu comprei o ingresso (aqui) achando que iria assistir mais um show de águas dançantes comum, mas estava totalmente enganada. A apresentação de uma hora e meia conta a história de um princípe que tenta salvar a amada das garras da rainha má (nenhuma novidade até aqui), mas a história se desenvolve na água, dentro de uma piscina com 3,7 milhões de litros d’água. Em alguns momentos, o chão do teatro sobe, a água some e o show continua em “terras firmes”. São dezenas (talvez até centenas) de artistas que fazem saltos na água, danças suspensas no ar, saltos de moto e outras acrobacias inacreditáveis. Sabe quando você fica o tempo todo de boca aberta, pensando “como eles conseguem fazer isso?” Tem ainda apresentação de trajes típicos e vários efeitos especiais (fiquei tão concentrada na apresentação, que esqueci de tirar fotos). Sugiro comprar o ingresso antecipado pelo site. É caro (paguei quase U$100 por pessoa), mas vale muito! É imperdível!!

house of dancing water show aguas dancantes macau

E depois de conhecer um pouquinho de Macau, quero saber… quais foram as suas impressões? 😉