xiamen vida brasileiro expatriado china
.
Eu já falei aqui no blog sobre a vida na China e também já falei um pouco sobre Xiamen, a cidade onde moro. Mas como, ultimamente, a Xiamen Airlines (grande empresa aérea chinesa) está abrindo as portas para estrangeiros e contratando pilotos brasileiros, muitas mulheres de piloto tem vindo me procurar para saber como é a vida na cidade. Também tenho conhecido alguns brasileiros que vieram fazer sua vida aqui (alguns abrindo seu próprio negócio, outros trabalhando como professor ou modelo e outros que vieram para estudar) ou seja, não é só da área da aviação que vivem os brasileiros em Xiamen. E pensando nessas famílias que moram ou pretendem se mudar para a cidade e também nas pessoas que tem curiosidade em saber como é a vida por aqui, escrevo esse texto.
.
Xiamen é uma cidade mediana no sudeste da China. É, na verdade, uma ilha. Há brasileiros que dizem ser a Florianópolis da China. Será? Bommm, eu não concordo e nem discordo. Xiamen pode ser comparada a Florianópolis: tem praia e é desenvolvida, mas não tããão cheia e sufocante como as principais capitais do Brasil. Mas não podemos esquecer que estamos na China. As praias são sujas e a cidade, apesar de ser considerada pequena para os padrões chineses, é maior e muito mais populosa que Floripa. O clima é parecido: relativamente frio no inverno e quente e abafado no verão.
.
Ainda não conheço muitas cidades na China, mas falo aqui o que já ouvi muito por aí: Xiamen é uma das melhores cidades do país para se viver.
.
A começar pelo meio ambiente. Xiamem tem os melhores índices de qualidade do ar da China, ou seja, menos poluição. Há dias de neblina e céu cinza, mas na maioria das vezes, é possível ver o céu azul. E quando você está na China, isso toma grande importância. Poder enxergar a cor azul do céu e sentir os raios solares traz uma energia tão boa. Nos dias de sol, meu humor é melhor e tenho mais ânimo para sair de casa, fazer minhas coisas. E isso vale para qualquer lugar do mundo. Vocês não se sentem assim também? Sem falar que, sem tanta poluição, não é necessário o uso de máscara, que é uma coisa tão desconfortável…
A cidade é bem arborizada, a estrutura do BRT (uma espécie de metrô de superfície que percorre boa parte de Xiamen) é toda decorada com flores e isso dá outra cara à cidade. Áreas de lazer não faltam por aqui: praças, parques, shopping centers, cafés, praia, templos, etc.
.
parque dia lindo xiamen china.
haiwan park lago xiamen china

zhongshan lu rua de compras pedestres xiamen china

praia mar xiamen china

por do sol sunset sem poluicao xiamen china
.
Outra coisa boa é o clima. Estamos agora no auge do inverno e ainda não tirei meus casacos pesados de lã do closet. Por exemplo, aqui a temperatura mínima está, em torno de 10 graus. Shanghai, que fica a uma hora de voo, esta fazendo 0 grau. Lá no norte da China então, -15, -25 graus, de dia!!! Eu, sinceramente, não sei como as pessoas conseguem (sobre)viver nessa temperatura.
.
Apesar de Xiamen não ser muito popular entre os estrangeiros, há uma região super freqüentada por nós, laoways, e muitos expats moram lá. É a região próxima do Hotel Marco Polo, no bairro Siming. Por ali, há vários restaurantes western, mercado de produtos importados, padarias, cafés e uma rua só de bares. Tem um lago e um enorme parque no centro, onde as pessoas costumam fazer esportes e levar as crianças para brincar. A região é meio busy e os prédios são mais antigos. Por isso, preferi morar no Straits International Community, que é um complexo gigante, com quatro fases e mais de 40 prédios, academia, piscina, parques e muito verde. Quase uma cidade. A gente costuma brincar que de internacional não tem nada. Ninguém que trabalha aqui fala inglês, a não ser uma assistente que contrataram para atender os estrangeiros do condomínio. Quase uma mãe… Mas não troco essa região por nenhuma outra em Xiamen.
Quando cheguei aqui, em 2014, tinha alguns poucos prédios comerciais sendo construídos nos arredores do condomínio e hoje já tem shopping center, mercado, academia, restaurantes ocidentais, Starbucks, ou seja, a região cresceu e está crescendo muito. Ah, e fica pertinho da praia (não que eu frequente muito a praia daqui, mas gosto de ir pedalar no calçadão).
.
marco polo hotel area lago xiamen china
.
straits international community vida expats xiamen china
.
straits international parque paz brasileiros xiamen china..
Meio de transporte é carro, moto elétrica, táxi, ônibus ou BRT. O metrô esta sendo construído e é para ficar pronto em 2017, e promete desafogar um pouco os engarrafamentos. Não que o trânsito seja uma loucura como nas cidades grandes, mas engarrafamento as vezes tem. Moto a gasolina não é permitido, para evitar poluição. E os táxis? Ahh os táxis são uma benção. No geral, táxi na China é bem barato, mas em algumas cidades é bem difícil pegar táxi (já passei por uns perrengues em Beijing, Shanghai e Guangzhou) e alguns táxistas querem tirar vantagem dos laoways (estrangeiros) e não ligam o taxímetro, ou seja, cobram a mais pela corrida. Aqui em Xiamen nunca aconteceu isso comigo e nem com amigos meus. Usar táxi é bem conveniente, por isso, nem sentimos necessidade de ter um carro.
.
Os filhos dos expats estudam na Xiamen International School, que tem ensino fundamental e segundo grau, em inglês. Xiamen também tem duas universidades, a Xiamen University e a Jimei, que fica fora da ilha. Essa primeira está no ranking das melhores universidades da China. A Xiada, como é chamada, tem alguns cursos ministrados em inglês, como Relações Internacionais, Administração e Marketing. Inclusive, tenho uns conhecidos que vieram para Xiamen, exclusivamente, para estudar aqui.
xiamen university universidade conceito china
Claro que nem tudo é maravilhoso. A gente precisa conviver com as diferenças culturais, comportamentais, com a diferença do idioma e tantas outras coisas que já comentei por aqui. E eu que adoro sair pra escutar uma boa música, dançar, sinto falta de boas opções na cidade. Não que não existam. Há um restaurante cubano no Haiwan Park, onde as pessoas se reúnem para dançar salsa (muitos chineses, inclusive) e há um bar chamado The Key, que costuma ser o ponto de encontro dos estrangeiros, onde uma banda filipina anima a galera. Há ótimos restaurantes também, inúmeros KTVS e baladas para o público chinês jovem. Mas as vezes sinto falta de um lugar diferente e que tenha mais a ver com a cultura ocidental. Mas também, nada como um pulinho em Shanghai para distrair e aproveitar o clima internacional da cidade.
 .
Eu amo Shanghai, Beijing, Shenzhen e outras cidades chinesas que já tive a oportunidade de conhecer, mas turistar é uma coisa e morar é outra, não é mesmo?! Sinto que o choque das diferenças não foi tão grande quando me mudei para a China, pois Xiamen tem mais a ver com o estilo de vida que se leva na cidade onde eu morava no Brasil e não é tão crazy and busy como as grandes metrópoles chinesas. O custo de vida também é, relativamente, menor que das cidades grandes. Por isso, eu adoro morar em Xiamen e dentre tantas opções de cidades para se viver na China, acho que fizemos a escolha certa.
 .
E você, gostou da cidade? Tem vontade de conhecer?