Na China agora estamos no auge no verão, um calor escaldante de norte a sul do país e a gente só pensa em usar roupas leves: regatas, vestidos e shortinhos… Não é?! Pois é, mas como as tendências mudam num piscar de olhos, enquanto só pensamos em looks de verão, as lojas já estão trocando a coleção antiga pelas novidades da próxima estação – o Outono/Inverno 2017! E assim, a gente já sente que está na hora de falar das próximas tendências… tô certa? kkkkk

Nesta temporada, participei mais uma vez do Shanghai Fashion Week. Adoro (!!!), pois é o momento que os chineses desfilam suas grandes produções, tanto nas passarelas quanto nas ruas, e é quando a gente percebe como eles podem ser tão criativos e ousados. As apresentações da temporada Outono/Inverno rolam em abril de cada ano, enquanto a Primavera/Verão acontece em outubro, mas vamos falar do inverno, ok?! Os desfiles são realizados tanto no pavilhão principal do descolado bairro XinTianDi, quanto no Bailian Fashion Center.

Esta edição do Shanghai Fashion Week contou com cerca de 85 shows e apresentações, em setes dias de evento, e mais de 1000 marcas envolvidas entre desfiles, showrooms e trade shows. O destaque vai para o grande número de marcas estreantes nas passarelas (chinesas e de outros países asiáticos), enquanto diversas 0utras mais tradicionais ficaram de fora do lineup.

Por um lado, acho a iniciativa bacana, pois é uma oportunidade de jovens designers mostrarem o seu trabalho. Ao mesmo tempo, acredito que isso desvaloriza um pouco a imagem do evento, uma vez que as marcas não tem muito apelo, o que pode gerar pouco engajamento por parte do público. De qualquer maneira, não há como negar que, com tantas marcas e tantos profissionais envolvidos, Shanghai está se tornando o centro em negócios de moda da China (já a frente da capital Beijing) e o evento sempre traz muito movimento, burburinho e figuras estilosas ao XinTianDi, bairro onde se concentra a meca de fotógrafos, showrooms e imprensa.

Mas vamos a parte que interessa… A partir do que rolou nas passarelas do Shanghai Fashion Week Autumn Winter 2017, já podemos ter uma ideia das tendências e do que vamos encontrar nas araras das lojas fashionistas em breve, no que depender dos estilistas chineses. Abaixo, vejas as apostas de algumas das principais grifes da China:

 

MUSEUM OF FRIENDSHIP

A label de Momo Wang é responsável por um dos shows mais disputados da temporada. Veterana no SFW, a marca sempre foi uma das queridinhas (leia mais sobre a designer e ID da marca aqui). Essa já é a terceira temporada que Momo adota um formato diferente para apresentar a coleção – as modelos ficam estáticas, fazendo poucos movimentos – e o show acontece no Bailian Fashion Center.

A coleção intitulada NEXT PASSPORT está um pouco mais madura e as modelos, que nas temporadas anteriores costumavam apresentar as produções dançando e pousando como menininhas, dessa vez apareceram mais contidas e seguras de si. Enquanto as coleções anteriores tinham inspiração colegial, a de Outono Inverno 2017 tem uma pegada mais gótica. Destaque para os vestidos pretos na altura do tornozelo feitos de nylon e seguindo a tendência midi, e ainda para os casacos de grandes proporções, com fitas e tops nas mangas. Uma das grandes apostas de Momo é a linha exclusiva de tricot com lã de merino (aquela lã bem grossa), que deu um efeito muito bacana às peças. As botas pretas de borracha estilo Wellington completaram os looks. Já a cartela de cores é baseada no preto, vermelho e off white.

Museum of Friendship fall 2017

Museum of friendship MOF inverno shanghai 2017

 

LU YANG BY YANG LU

A coleção foi inspirada na fantasia poética e no elo entre o homem e a natureza, representado por elementos abstratos com animais. Foi uma das coleções que eu mais gostei. A marca trouxe para a passarela várias tendências atuais que vimos recentemente nos desfiles internacionais e nos looks de street style de fashionistas. Tais como o veludo molhado, as calças flares e pantalonas (como as pantacourts), a mistura de tecidos e texturas, os tecidos metalizados, as listras e estampas geométricas. Acho que usaria praticamente todas as peças, alias, as listradas estão maravilhosas! Minha preferida? O vestido roxo ombro a ombro com mangas longas (outra modinha que os chineses adoram – mangas exageradamente longas).

Shanghai Fashion week inverno passarela winter 2017

passarela moda china shanghai outono inverno

looks outono inverno 2017 semana de moda china fashion week

lu yang shanghai fashion week 2017 china

tendencias moda lu yang shanghai fashion week 2017

 

LOUUIF STUDIO

A marca, que assume o estilo psicodélico, foi criada em abril de 2016 e em menos de um ano depois já estreou nas passarelas do Shanghai Fashion Week. Confesso que foi um pouco difícil traduzir e entender o tema da coleção, mas no geral a estilista procurou imprimir nas peças a alma feminina, um sonho, uma história a ser contada. A designer acredita que as mulheres não devem se preocupar com o exterior, pois o poder feminino vem de dentro e ela procurou retratar os sonhos e as histórias do interior feminino em cada peça.

O que mais chamou a atenção na coleção foi a mistura de materiais: muito tecido rústico e pesado (como a juta e como o couro e a lã), combinados com a leveza da organza e a elegância do veludo molhado, que está super em alta. Essa mistura quase que inédita de materiais tem o objetivo de refletir o sentido das contradições da mente feminina.

O peso das cores também destoou entre si. Destaque para os leves tons pastel, como o rosa e o nude e para os pesados e terrosos, marrom e verde escuro.

IMG_8994

IMG_8993

IMG_8992

 

C.J. YAO

Graduada na Central Saint Martins de Londres, em 2012, CJ Yao é uma das veteranas do SFW. Conhecida por suas criações pra lá de criativas e ousadas e pelo uso de materiais não-convencionais, a coleção Outono/Inverno 2017, apesar de bem colorida, está mais ready-to-wear do que as anteriores.

O tema desta coleção é a cultura antiga de Dongba, um grupo étnico de Lijiang, região que fica no nordeste da província de Yunnan. Textos e padrões gráficos referentes a essa cultura foram impressos nas roupas. A cartela de cores bem definida foi o que mais chamou a atenção. Cores fortes, como o burgundy, azul royal, azul marinho e verde musgo combinaram muito bem entre si e ainda com as cores mais vivas como o amarelo, o laranja e o azul turquesa. Apesar de exótico, as cores estavam em harmonia e criaram um visual bonito.

As diferentes combinações de tecidos também estavam em sintonia. No geral, os looks de passarela parecem ser over, mas se for analisar cada peça separadamente, a grande maioria pode ser bem aplicada nas produções casuais do dia a dia. Foi uma das apresentações que mais me agradou e pelo que li dos críticos, essa foi considerada uma das coleções mais consistentes desta temporada.

moda china passarela shanghai fashion week inverno 17

cj yao passarela inverno 2017 china

shanghai fashion week semana moda china cj yao

 

MAIS TENDÊNCIAS

Olha aí o veludo molhado mais uma vez!! Tem gente que torce o nariz, mas pelo jeito, o tecido continua em alta no próximo inverno. Transparência, tule, motivos florais e veludo molhado foram as apostas da grife de vestidos de noiva WeCouture.

IMG_8999

 

Tons pastel e elementos infantis foram as apostas da marca 嫵WOO. As chinesas adoram elementos e estampas infantis no vestuário.

IMG_9002

 

Já a Siastella abusou das variações de branco – branco, nude, bege e off white. Ousado para inverno, não?! Mas eu particularmente acho super elegante. Silhuetas largas, sobreposições e recortes desencontrados também foram destaque.

IMG_9004

 

E a Cindy Soong entrou no clima invernal mesmo! A coleção 2017 abusou dos tecidos pesados, como a lã e de estampas xadrez e a pied de poule (a tradicional da Chanel), além dos recortes assimétricos e babados. E olha ele ali de novo, o veludo molhado…

IMG_9003

E então, qual sua opinião sobre as apostas do próximo Outono/Inverno? Deixa aí seu comentário que vou adorar lê-lo!

Vale ressaltar que não só marcas de vestuário feminino participam do Shanghai Fashion Week, mas também marcas de acessórios, vestuário masculino e infantil.

Zài jiàn :)