23 março, 2016
Melhores VPNs para acessar sites e redes sociais bloqueados na China e dicas de como usar
DICAS, Redes Sociais

ATUALIZAÇÃO EM NOVEMBRO DE 2017

Esses dias estava analisando os acessos do blog e notei que um dos posts mais acessados da história do China Chic é o que falo sobre VPN. Claro, todo mundo sabe que diversos sites, plataformas e redes sociais são bloqueados na China, portanto, quem está com viagem marcada para o país, nada mais certo do que pesquisar sobre as opções de VPN e estar devidamente preparado assim que aterrissar em terras chinesas.melhores vpn china sites redes sociais facebook bloqueado

Para aqueles que ainda não estão familiarizados com a palavra, explico rapidinho e de forma bem leiga como o VPN funciona: o software mascara o IP do computador, celular, tablet ou qualquer outro dispositivo eletrônico que possa ter acesso a internet. O endereço de IP real é substituído pelo IP de outro país, como se o dispositivo no qual a internet é acessada esta naquele país em questão. Por exemplo, quando o usuário conecta o VPN no local “Brasil”, é como se ele estivesse nesse país acessando a internet. Ou seja, será possível acessar qualquer site e rede social liberado no Brasil.

Na verdade, o objetivo principal do VPN é outro. É uma ferramenta extremamente importante para empresas, mas na China o usamos para driblar o Great Firewall (GFW), nome dado ao sistema de bloqueios virtuais do governo chinês. Só assim podemos fazer pesquisas no Google, checar nossos emails do Gmail, olhar nossa timeline do Facebook, curtir algumas fotos no Instagram, assistir vídeos no Youtube e histórias no Snapchat e por aí vai.

Sou super adepta das redes sociais (para não dizer viciada hehe). Já tive experiências com vários VPNs diferentes e deixo aqui as minhas dicas para quem vem à China:

ExpressVPN

Um dos VPNS mais populares entre expatriados na China. Ele é considerado rápido, seguro, tem uma plataforma simples e fácil de acessar e o VPN fica conectado durante horas, sem cair. Por esses serviços, o plano acaba saindo um pouco mais caro que os demais (USD 12,50 por mês, se não me engano), mas se você ficará um bom tempo na China, vale o investimento. É possível acessar em vários dispositivos diferentes ao mesmo tempo. Atualmente, eles tem disponível a versão free por uma semana, mas claro que a versão paga funciona melhor.

Por muito tempo usei o Express e sempre o indiquei, até que no início deste ano (2017) comecei a enfrentar problemas para conectar no celular (sistema IOS) e muita lentidão para baixar imagens, vídeos e outros arquivos e acabei voltando a usar o Astrill.

ASTRILL

O Astrill já teve altos e baixos. Durante muito tempo o vpn só funcionava com a ajuda de outro aplicativo, o AnyConnect. Até que o Astrill desenvolveu um novo aplicativo para o celular e passou a funcionar super bem no IOS. Atualmente é o que mais uso. Eles oferecem plano mensal, semestral ou anual e ainda tem a opção de plano para um único usuário ou o plano “família”, que permite o acesso a um grande número de dispositivos diferentes ao mesmo tempo e promete maior velocidade. É o que uso atualmente e indico. O usuário tem diversas opções de localidades para escolher, o vpn se conecta em poucos segundos e a velocidade é rápida.

Por facilitar tanto o acesso aos sites de fora da China, o Astrill esta bem visado pelo Great Firewall e recentemente (desde de setembro), surgiram relatórios de pessoas de Shanghai de que o Astrill não está sendo mais efetivo. Em Xiamen ainda funciona bem.

 

Betternet 

Alguns conhecidos já me indicaram este software. Testei algumas vezes e funciona ok. Indico pois ele é totalmente grátis. Então se você não quer gastar com VPN, tente o Betternet.

——

Pesquisando rapidamente pela internet, descobri mais alguns VPNS: o Vypr VPN e o PureVPN considerados os melhores que funcionam na China, junto com o Express e o Astrill. Ainda não testei, mas foram bem cotados e sugeridos em diversos sites.

Minha sugestão é já baixar o aplicativo do VPN no seu mobile, instala-lo no computador e fazer o cadastro antes de entrar na China. O App Store funciona normalmente aqui, mas costuma ser bem lento. Importante ressaltar que mesmo o VPN sendo muito bom, nem sempre ele conecta na primeira tentativa. As vezes demora minutos ou até horas para funcionar e só nos resta esperar… Ou ficar trocando o país até conseguir conectar. Por que? Porque a China bloqueia os endereços de IP que consegue rastrear, portanto se você usa muito o mesmo endereço de IP, não estranhe se um dia ele não conectar mais. Caso não conseguir conectar em nenhum país, reinicie o dispositivo. Se não der certo, vá nas Preferências/Ajustes do seu computador ou celular e verifique se o VPN está ativado. Ainda não funcionou? Então entre em contato com o suporte do VPN em questão.

Já ouvi falar é que o VPN costuma funcionar melhor em aparelhos Android e Windows. O sistema IOS de Iphones, IPads, IMacs e outras aparelhos da Apple são os mais visados pelo GFW. A verdade é que já saíram notícias na mídia informando que a China está pegando pesado com as companhias telefônicas e deu um prazo até fevereiro de 2018 para que estas consigam bloquear qualquer acesso aos VPNs. Será? Só esperando as cenas dos próximos capítulos para saber…

Eu, sinceramente, não sei como seria a vida na China sem VPN. No mínimo, seríamos totalmente alienados ao que acontece no mundo ocidental. Se você já testou algum(uns) dos que citei ou tem outros para indicar, sinta-se a vontade para deixar seu comentário.

Se você gostou das dicas deixe o seu “like”. E se ainda não conhece as redes sociais do blog, clique aqui e dá um follow: Instagram @evelynpinheiro| Facebook @Chinachicblog

E por último, lembre-se: ao acessar o VPN, a velocidade da conexão diminui, portanto, tenha paciência, muita paciência…

SaveMe!
14 março, 2016
Nike lança City Collection: tênis inspirados na arte e cultura de 5 metrópoles mundiais
Compras, MODA

A semana mal começou e já tem mais novidades de moda #adoro. Dessa vez é sobre sportswear, que a gente anda acompanhando de perto nos últimos tempos, afinal, a tendência esportiva está super em alta.

A Nike lança, esta semana, os novos modelos da City Collection exclusivo para mulheres! Os modelos da linha Air Max recebem estampas, texturas e cores especiais inspiradas na arte de cultura das cinco principais metrópoles do mundo. São elas: Nova Iorque, Paris, Londres, Shanghai e Tóquio. Para representar a metrópole chinesa, a marca criou uma estampa original inspirada na arte e cultura da China. A cor? vermelha, claro. Muito mais do que a cor preferida dos chineses, o vermelho tem um significado muito importante na história e cultura do país e simboliza fortuna, prosperidade, brilho e tantas outras coisas positivas. É definitivamente a cor do oriente e a Nike não poderia ter acertado mais na escolha.

nike air max 90 ultra city collection shanghai

Para quem é antenado no estilo e adora Nike, pode apostar: o Air Max 1 Ultra é inspirado em Paris; Air Max 90 Ultra, em Shanghai; Air Classic BW, em Londres; Air Max Thea, em NYC e; o Air Max Zero que carrega detalhes característicos de Tóquio.

Nike City Collection tenis Air Max feminino Shanghai China
Shanghai
Nike Paris Air max tenis feminino City Collection
Paris
Nike Air Max ultra Londres tenis feminino City Collection 2016
Londres
Nike Air Max Coleção cidades City Nova York
NYC
Nike Air Max City Collection feminino rosa Toquio
Tóquio

Essa não é o primeiro lançamento da Women’s City Collection. No primeiro semestre de 2015, a Nike trouxe uma coleção com cores e estampas inspiradas nas flores características dessas metrópoles e no segundo semestre, foi a vez de doces famosos de cada cidade serviram como referência na criação e layout dos sneakers. Dessa vez, para representar Shanghai, a Nike se inspirou nos famosos bolos chineses.

Está ansiosa para comprar o seu favorito?! Cada modelo tem uma data exclusiva para ser lançado. Dia 16 de março chega nas lojas o Air Max 90 Ultra inspirado em Shanghai. Quem curtiu o Air Max Zero de Tóquio, vai ter que esperar mais uns dias. Seu lançamento está programado para 26 de março.

Agora me conta, qual o seu preferido?

“Posso escolher todos?” rsrs

 

03 fevereiro, 2016
Destino China | Os melhores restaurantes de Hong Kong
China, Destino China, DICAS, Hong Kong

Quem segue o blog nas redes sociais {insta @Chinachic | Snap @Chinachic8}, provavelmente viu que este fim de semana estive em Hong Kong. É muito bom dar uma fugidinha da China, de vez em quando, e ir para lugares mais ocidentalizados, onde a cultura é mais parecida com a nossa. E Hong Kong, apesar de pertencer a China, é uma grande metrópole e famoso destino internacional, portanto tem gente do mundo todo e muita coisa interessante para fazer. Como já conheço os principais pontos turísticos da cidade, aproveitei o finde para curtir o clima urbano de HK, fazer compras e comer, comer muito!

O título do post está um pouco equivocado (coisa de publicitário, para chamar mais atenção), porque, na verdade, eu não conheço ainda boa parte dos restaurantes de Hong Kong, mas posso indicar alguns maravilhosos!

Já falei aqui sobre o Bubba Gump. Vai dizer que as vezes não dá vontade de enfiar o pé na jaca e comer tudo o que tem de melhor em um restaurante americano?! Mas Bubba Gump tem uns peixes e frutos do mar deliciosos também! O restaurante fica na Peak Tower, a torre que é considerada uma das atrações mais famosas de HK. Nesse post tem mais informações de como chegar lá.

Wooloomooloo

A rede de restaurantes especializadas em carnes é um dos nomes mais famosos de Hong Kong, quando o assunto é restaurante top e comida de qualidade. Eles estão presentes em cinco endereços diferentes da cidade, sendo: dois Wooloomooloo Prime; dois Wooloomooloo Steakehouse e um The Chop House.

Fui no Prime de Causeway Bay, mas não pude ficar, pois estava tendo evento fechado no dia. Mas o lugar tem uma varanda aconchegante com uma vista linda do Victoria Harbour e de boa parte da cidade. Já o Prime de Kowloon, onde jantei dessa vez, fica no 21º andar do The One Mall em Tsim Sha Tsui e tem uma vista maravilhosa da cidade, de uma perspectiva diferente do de Causeway Bay. O espaço, super moderno, é dividido entre bar e restaurante.

As carnes são servidas com o molho e o acompanhamento a sua escolha. Eles ainda contam com um menu bem variado e uma carta incrível de vinhos. Quer combinação mais perfeita? Carne boa + vinho! Deu até água na boca só de lembrar.

hong kong night luzes vista Wooloomooloo The ONE Kowloon

jantar restaurante wooloomooloo carne hong kong

wooloomooloo restaurante molho carnes hong kong

sobremesa tiramissu restaurante wooloomooloo hong kong

Não esqueça de fazer a reserva para a janta. Mais infos aqui.

Wagyu’s

Como o próprio nome já diz, outro restaurante especializado em carnes australianas (eu aproveito para comer muita carne quando saio da China, porque aqui, carne boa e suculenta é coisa rara). Mas o Wagyu’s tem um menu bem eclético, com pastas, peixes, seafood e pizzas. No almoço, oferecem um set menu especial. Eles também servem breakfast à la carte e juro, é uma delícia. Sempre que estou em HK, tomo café da manhã lá: suco natural feito na hora, variedades de café, frutas, omelete, ovos benedict, bagels com salmão defumado. De tudo um pouco, bem refinado e gostoso. É tão famoso, que nos fins de semana é bom fazer reserva de mesa até para o café da manhã. Ah, e o atendimento é ótimo! Fica na Hollywood Road região Central, pertinho da Lan Kwai Fong.

wagyu's restaurante hollywood hong kong cafe da manha

wagyus restaurante australiano carnes hong kong

Ciao Chow

Sabe aquele cachorro fofo, peludo e de língua roxa? Sim, o Chow Chow foi quem emprestou o nome para esse restaurante italiano, recém inaugurado (abriu em dezembro de 2015). A especialidade da casa são massas e pizzas. A comida, para ser sincera, não tem nada de mais, mas o ambiente, o ponto e o clima do restaurante são muito legais. Ele fica na base do California Tower, na esquina central da Lan Kwai Fong, que é a região mais badalada de HK, repleta de bares, restaurantes e pequenas lojas. Com uma decoração moderna e clean, é um ótimo lugar para relaxar ou fazer happy hour, curtindo o clima corrido da cidade e observando a multidão de gente passando, cada um com seu estilo. As pessoas que trabalham pela região central costumam se reunir ali para o happy hour. Ah, e eles tem uma variedade enorme de draft beers e drinks deliciosos.

Ciao Chow restaurante central lan kwai fong hong kong

ciao chow hong kong italian restaurante pizza

Ce La Vi

Também na Lan Kwai Fong, no 25º andar do California Tower, prédio do ladinho do Ciao Chow. Tem um terraço com uma decoração bem descolada e uma vista 360°. Gostoso para sentar, bater um papo, petiscar uns snacks diferentes e tomar uns drinks. Em alguns fins de semana, rolam festas super badaladas e moderninhas. O restaurante fica no andar de baixo. Não cheguei a pedir nenhum prato (quando fui estava fechado, abre as 18h), mas o menu é de dar água na boca.

ce la vi rooftop hong kong bar e restaurante asiastico

Ce La Vi restaurante california tower Hong Kong

King Ludwig Beerhall

Restaurante alemão tradicional de HK. Para quem gosta de chopp, salsicha, batata e outras comidas típicas da Alemanha, esse lugar é A pedida. É o restaurante preferido do meu noivo. Eles tem cinco endereços em HK: Causeway Bay; Stanley; Tsim Sha Tsui; Wan Chai e; Yuen Long Hun Shui Kiu.

Agora, se você está afim de provar comida chinesa em um bom restaurante, me desculpa, porque quando eu saio da China, meu amigo, eu quero distância de comida chinesas rsrsrs Não cheguei a ir em nenhum restaurante asiático em Hong Kong, mas amigas me indicaram o Kowloon Tang (chinês, fica em Kowloon) e o Irori (japonês, fica na Causeway Bay).

E é bom avisar que, Hong Kong é uma cidade extremamente cara, especialmente as regiões mais próximas do centro e mais turísticas, portanto, não se assuste quando receber a conta. Como costumo brincar, é uma sentada e uma facada. Mas, as vezes merecemos esse luxo 😉

Falando em culinária, bateu a fome….

01 fevereiro, 2016
Achados da China | Janeiro #2
Beleza, Compras, DICAS

Hello chics! Quero dizer… Ni hao! Janeiro passou tão rápido e foi tão corrido que faltou tempo para fazer tudo o que gostaria. Alguém mais se identifica?

Mas o que não faltou foram novidades e achados da China para o post de hoje. Olha só as coisas que descobri nesse mês que passou…

♥ Facial Fitness PAO

Alguém já ouviu falar do Facial Fitness PAO? Apesar de ter sido lançado em 2014, pelos vizinhos japoneses, para mim, essa é A novidade de beleza do momento! O produto nada mais é do que um massageador dos músculos faciais, que promete definir o contorno do rosto e diminuir as linhas de expressão ao redor da boca.

E como ele funciona? Bom, é simples. Basta você colocar a parte do meio na boca e sacudir as duas extremidades para cima e para baixo, exercitando os músculos do rosto. Segundo a empresa que criou o PAO, é recomendado fazer isso por 30 segundos, duas vezes ao dia, para garantir expressões mais firmes e um sorriso mais jovem.

facial fitness pal aparelho linhas expressão rosto sorriso

pao facial fitness como usar sorriso mais jovem

E você não vai acreditar quem é o garoto propaganda do aparelho! Olha aí abaixo…

cristiano ronaldo propaganda PAO facial massage japao

Ele, o astro do futebol europeu e mais vaidoso e metrossexual ever, Cristiano Ronaldo. Assista aqui ao vídeo do comercial com o jogador. Parece meio tosco, não é?! E ver as pessoas balançando o acessório para cima e para baixo, até chega a ser engraçado. Mas, se o produto faz tudo isso mesmo, é um belo achado!

O Facial Fitness PAO está a venda em diversas lojas de Hong Kong e Macau, como a SHLAB (Suhn Hing Life an Beauty), e também no Taobao (eu acabei de encomendar um e depois de experimentar faço um review aqui no blog). O preço pode variar de RMB 600 a RMB 1.500.

♥ Aquecedor elétrico de mãos com USB

Lembra que no último #AchadosdaChina eu mostrei uma almofada para aquecer as mãos? Pois agora eu descobri a “evolução” desse belezinha. É também uma almofada, mas ela vem com um aquecedor interno que é recarregável por USB. Super prático e esquenta pra caramba. Vi umas meninas usando para aquecer as pernas, quando estão sentadas e até a barriga (ótima para aqueles dias de cólica, ein). Na China, tem para vender  em qualquer loja de acessórios e acho que já vi nos supermercados Walmart. E para quem se interessou, mas está no Brasil, tem para vender no Aliexpress.

Esse é o tipo de coisa que quando você vê pensa que é apenas mais uma bugiganga para juntar em casa, mas quando chega o inverno, essa almofadinha faz falta. Falo por experiência própria rsrsrs

 

travesseiro luva aquecedor maos usb

♥ Sapatos Staccato

Eu realmente não sei como não descobri essa marca antes. A Staccato é uma marca de sapatos fashion, bem famosa na Ásia e que tem o couro como principal matéria prima. Primeiramente, se estabeleceram na China, Hong Kong e Macau. E hoje já contam com mais de 500 lojas na China, e ainda na Indonésia, Japão e Cingapura.

Aqui no país não é fácil encontrar sapatos de qualidade e com design bonito e moderno, como temos no Brasil. As marcas mais populares, usam materiais sintéticos e os shapes dos modelos são, digamos assim, meio bregas: muita anabela, brilho e fivelas gigantes. E quando você acha algum modelo legal, pá, o conforto é zero. Eu, particularmente, tenho dificuldades de encontrar sapatos estilosos por aqui, afinal, anos trabalhando em empresa de calçado no sul do Brasil, me fizeram super detalhista com esses pequenos notáveis. Tem sim marcas famosas internacionais com produtos de ótima qualidade, mas o preço, ó, de doer o coração. Por isso, fiquei muito feliz quando descobri a Staccato. Não que seja barato, mas eles tem uma variedade enorme de modelos diferentes: botas over the knees, open boots, detalhes em zíper, escarpins e sapatilhas lisos e com estampas bem estilosas… A marca traz forte o conceito de moda e é antenada nas tendências internacionais.

Ah, e no momento, estão com a coleção de inverno toda com 40%, 50% de desconto #adoro! Mostrei meus escolhidos no Snapchat Chinachic8 :)

bota over the knee cadarço staccato

staccato sapatos moda couro china bota

campanha sapatos china staccato

 

» Estas foram algumas coisas diferentes e interessantes que descobri recentemente na China. Gostou? Mês que vem tem mais novidades do #AchadosdaChina

 

19 janeiro, 2016
Destino China | Latina Grill, o sabor brasileiro na China
Destino China, DICAS

Pensa no melhor churrasco que você já comeu ou na melhor churrascaria que você já foi na sua vida. Pensou? O Latina é melhor! Sério! Melhor porque você está a milhares de kilômetros distante da sua terra e porque, se voce está algum tempo na China, provavelmente, está a algum tempo sem comer carne de qualidade! E quando você está do outro lado da mundo, não espera comer um churrasco tão saboroso e suculento (eu como boa gaúcha, amo!).

Recentemente, fui almoçar no Latina Grill em Shanghai, e mostrei minha saga pelo Snapchat {add Chinachic8 para acompanhar minhas aventuras em tempo real} e sei que muitos seguidores que estão no mesmo barco que eu, ou seja, com saudades de casa, se deliciaram junto comigo. Sabe aquele ditado: a gente só dá valor quando perde?! Pois bem, depois que vim para a China e entendi que achar uma boa picanha, um filé, o tão simples e gracioso aipim (macaxeira, mandioca, ou seja lá como você chama), o pão de queijo salgado (aqui na China até tem algo parecido, mas é doce) seria tarefa bem difícil, eu passei a dar muito valor para a nossa comida brasileira.
.
O restaurante tem espeto corrido e à la carte e um buffet generoso de saladas, frios e acompanhamentos. Entre eles: feijão preto, espiga de milho, polenta, aipim frito, pão de queijo e várias outras delícias. Tem tudo conforme pede uma refeição em uma churrascaria de respeito! E caipirinha, claaaro…
.
Churrascaria Latina Grill espeto corrido carne Shanghai China

restaurante brasileiro china latina

 .

pao de queijo guarana
.
E além de todas essas delícias, agora eles tem até guaraná Antártica!! Eu não tomo refri, mas quis trazer um para minha amiga brasileira que também mora em Xiamen. Pena que me recolheram a latinha no aeroporto, já que na China é proibido carregar líquidos mesmo em voos domésticos. O mais engraçado foram os guardinhas do raio-x do aeroporto, que não conseguiram esconder a curiosidade e já pegaram a lata de guaraná na minha frente. Devem ter adorado a bebida.
 
Atualmente, existe cinco restaurantes em Shanghai, um em Shenzhen e um em Beijing (que inaugurou recentemente) e estão com planos de abrir um em Guangzhou neste ano. O maior deles, e acredito, mais frequentado, fica na Rua Tongren, número 88 e tem um ambiente incrível. A decoração conta com palmeiras, paredes cobertas por folhagens, vidros azulados no chão (que lembram o mar) e música brasileira ambiente. Clima todo montado para a gente se sentir no Brasil.
.
latina grill restaurante churrascaria china
Outros endereços:
Shangai – Latina Lujiazui, Rua Lujiazui Ring, nº 165
Shanghai – Latina Biyun, no Green City Leisure & Sports Center House. Rua Biyun, nº 633
Shanghai – Latina Grand Gateway Plaza, Hongqiao Rd, nº 166
Shanghai – Latina Science & Technology Museum, Yatai Shenghui Shopping Square, Century Avenue 2002
Shenzhen – SeaWorld, zona C
Beijing – Grand Summit Building, próximo da estação de metrô Liangmaqiao
Se você estiver em algumas dessas cidades, junta a família os amigos e não perca essa experiência DELICIOSA! 😛
15 janeiro, 2016
Bangkok | Os melhores shoppings e mercados para fazer compras
Compras, Tailândia, VIAGENS

Mulherada, prepara o cartão de crédito, ou melhor, os bahts tailandeses, porque Bangkok é o paraíso das shopaholics (depois da China, claro). A casa de um dos maiores mercados de rua do mundo, surpreende qualquer turista com a quantidade de barracas montadas nas calçadas, em contrapartida com lojas de luxo e shopping centers modernos com as melhores lojas de departamento internacionais.

Como no primeiro dia em Bangkok já tínhamos visitado os principais templos da cidade e outras atrações turísticas, deixamos os dois dias seguintes para a apreciar a culinária eeee…. ir as compras!!! Claro que em poucos dias não dá para conhecer tudo, mas dá para conhecer muita coisa. Anota aí as dicas e aproveite seu shopping day!

Khao San Road

Começando pelo mais simples e barato. A Khao San Road é a rua conhecida dos mochileiros. Aqui você vai encontrar pequenas lojas com artigos tailândeses, lembrancinhas, como elefantes de madeira e cartões postais, e roupas – vestidos e macaquinhos estampados, regatas e camisetas com logo da cerveja local, calças largas e batas com estampas budistas e blusas de crochê e renda. Tudo custa em torno de 250 bath, ou seja, menos de U$ 8. Isso, sem barganhar, que é ato quase que obrigatório. As coisas que você encontra aqui, você vai encontrar, praticamente as mesmas, nas lojinhas centrais de Phuket, Phi Phi, Koh Samui, etc..

Terminal 21

Localizado na Sukhumvit, na saída da estação Asoke, este é um dos shoppings mais famosos de Bangkok. H&M, Sprit, Nike, Oakley, entre outras marcas internacionais e também nacionais, estão presentes aqui. E se bater a fome, opções de restaurantes é o que não faltam, tem até um Tony Roma’s. E o legal é que é um shopping temático, cada um dos sete andares corresponde a uma cidade. O andar de São Francisco – Califórnia tem até uma réplica, tamanho grande, da Golden Gate.

Terminal 21 shopping compras bangkok tailandia

Siam Square

Muito mais do que um shopping center, a Siam Square é uma região onde você respira compras. É aqui que estão concentrados boutiques e grandes detinos de compras em Bangkok, entre eles o MBK Center, o Siam Discovery Center, o Siam Center e o Siam Paragon. Para chegar na região, é só pegar o BTS até a estação Siam.

MBK Center

Este é um dos destinos mais famosos de compras entre os turistas e quer saber por quê? Variedade de produtos e preço bom. O MBK está mais para camelô do que shopping center. Na verdade, são diversas barracas e lojas pequenas espalhadas por mais de 5 andares de shopping. Nos três primeiros andares você encontra roupas, sportwear, acessórios, lingeries e sapatos. O 4º andar é o paraíso para quem procura eletrônicos baratos. As lojas ali vendem telefone celular, laptops, computadores e outros acessórios, inclusive aparelhos usados. O 5º andar é reservado para venda de equipamentos de fotografia e olha, tem muita coisa por preço justo. No 6º andar fica uma enorme praça de alimentação, com todos os tipos de pratos que você pode imaginar.

mbk shopping compras bangkok siam square

Siam Center e Siam Discovery Center

O Siam Center é um shopping bem bacana, com algumas lojas de marcas famosas, como Forever 21, Levis, Armani Exchange, Lacoste, Kipling e Havaianas. Ele é interligado com o Siam Discovery Center através de uma passarela.

Centerpoint of Siam Square

Esse shopping não é muito popular entre os turistas, tem lojas bem mais simples, mas foi um dos que mais gostei. Aqui encontramos roupas e acessórios de designers locais. Coisas bem diferentes do que vemos nos demais shoppings e por não ser marca famosa, o preço é baixo. Eu fiquei encantada com os vestidos, as saias e shorts de renda, um trabalho realmente lindo e barato.

Siam Paragon

O maior e mais luxuoso shopping de Bangkok é mais um parque urbano do que um shopping center. As grifes Prada, Dior, Louis Vuitton, Cartier, entre outras, você encontra por aqui. Mas para quem não pretende desenbolsar tantos baths assim nas compras, tem Zara, H&M e outras fast fashions.

siam paragon shopping compras marcas grifes bangkok

Chatuchak Market

O maior mercado aberto da Tailândia, só acontece nos fins de semana, e é imperdível. Preciso confessar que tanto eu quanto o Rodrigo ficamos impressionados com a organização do lugar. É todo dividido por setores, de acordo com os produtos a venda e logo na entrada você recebe um mapa impresso (não deixe de pegar, é super útil).

Neste mercado você encontra de tudo, mas tudo mes-mo! Tudo o que você puder imaginar, tem aqui: Camisetas estampadas, vestidos, camisas, calças e shorts jeans, entre outros tipos de roupa, sapatos super diferentes, souvenirs, sabonetes coloridos, velas, quadros e outros itens de decoração, roupas para crianças, livros, instrumentos, acessórios, insetos e outras comidas esquisitas e mais. Tem uma seção só de coisas para pets, onde eu encontrei até qipao (o vestido tradicional chinês) para cachorro!! E por ser mercado de rua, os preços são muito bons e ainda vale barganhar. Nossa, quase fiquei louca quando encontrei umas lojas com os shortinhos jeans mais estiloso ever, pela barbada de 180 bath cada, ou seja, 5 dólares!! E a qualidade? Não fica devendo, não.

chutuchak market compras bangkok

acessorios tailandeses chutuchak market

chutuchak market bangkok sapato tenis botao

E se você pretende passar por todos os setores e olhar tudo com calma, prepara-se para gastar um dia inteiro (o mercado fica aberto das 9 horas às 18 horas). Infelizmente, eu não tive todo esse tempo, mas com certeza, voltarei lá um dia. É realmente muito coisa, por isso, é preciso ter foco. Ps: para chegar lá pegue o BTS até a estação Mo Chit.

Ah, e para quem é ligado em eletrônicos, computadores e demais equipamentos, no Pantip Plaza, você faz A festa.

E a notícia boa é que depois de fazer todas essas compras, você ainda recebe parte do valor gasto, que é restituído. Por isso, não esqueça de passar no VAT Refund quando estiver de saída do país.

» Anotou as dicas? Então boas compras!! 😉

13 janeiro, 2016
Bangkok | Onde ficar e se hospedar
DICAS, Tailândia, VIAGENS

Saber onde ficar hospedado em Bangkok pode ser uma tarefa difícil. Não porque são poucas opções, mas sim porque a cidade tem várias regiões interessantes e inúmeros hotéis bacanas por preços bem acessíveis. Aí você se pergunta: hotel bom com preço justo é boa notícia, não é!? Com certeza, sim. O problema é a dúvida que surge quando você precisa escolher apenas um deles para ficar. Eu pesquisei muito sobre cada região e os melhores hotéis do Booking.com até me decidir. Então pensando nos turistas indecisos como eu, vou fazer uma breve apresentação sobre cada região, para facilitar a escolha, de acordo com o seu estilo de viagem e budget. Vamos lá…

Khao San Road, Banglamphu

O reduto dos mochileiros. Banglamphu é a região onde você, com certeza, vai achar hotéis, albergues e guesthouses com os preços mais baratos de Bangkok. A rua Khao San é uma das atrações turísticas da cidade, por isso é super movimentada. Se decidir que aqui é o seu lugar, procure ficar hospedado nos arredores da Khao San e não na rua propriamente dita, para ter mais sossego. Até porque, na Khao San Road a noite pode ser beeem agitada…

É importante saber que nesta região não tem estação de trem ou metrô próximo. Andar de táxi é, extremamente, barato, mas pode ser uma dor de cabeça, dependendo da hora do dia e do seu destino final, já que a capital da Tailândia é uma das cidades mais populosas do mundo e o trânsito é super crazy.

hostel guesthouse hospedagem khao san road bangkok

Ver hospedagens na região da Khao San Road.

Sukhumvit Road

Esta é a maior rodovia da Tailândia e em Bangkok ela vira uma das principais avenidas, repleta de shopping centers, restaurantes, bares e muito movimento. É a região central de Bangkok e a mais indicada para compras. Tem comércio para todo lado.

Na baixa Sukhumvit, ou seja, na parte mais afastada da região central ainda tem uns hotéis bem baratos, mas é na parte central que ficam os hotéis bons de Bangkok.

Outro ponto positivo é que o BTS Sktytrain, o trem de Bangkok, percorre toda a Sukhumvit. Ou seja, independente da altura da avenida onde você ficar hospedado, terá acesso fácil ao transporte público.

Na primeira parada em Bangkok, ficamos hospedados no Marriott Executive Apartments, na Sukhumvit 57 (várias ruas perpendiculares a avenida, recebem o nome Sukhumvit seguido de um número). O hotel é ótimo, lindo, maravilhoso e tem um rooftop bar incrível, com uma vista e tanto da cidade. Mas apesar de ter a estação de trem Thonglor bem próxima, não há muitos atrativos, restaurantes, bares bem próximos. Não que isso fosse problema, pois em 5 minutos de caminhada do hotel, estávamos na estação do BTS e em 20 minutos, estaríamos na parte da Sukhumvit 55, que é cheia de restaurantes e bares. Mas se você prefere ficar no meio do agito e do comércio, os hotéis próximos da estação Asoke e Nana são mais indicados.

Na segunda parada, ficamos na Sukhumvit 21, na estação Asoke, a uma quadra do Terminal 21 (um dos shoppings mais famosos de Bangkok). O The Fusion Suites é um hotel simples, pequeno, mas tem uma decoração bem moderna e descolada. Super indico para quem quer ficar bem localizado, sem gastar muito. O Furama Xclusive é outro hotel super bem recomendado, já fiquei em alguns hotéis da rede e gosto.

por do sol topo bar marriott hotel sukhumvit bangkok
Sukhumvit vista do rooftop bar do Marriott

 

Ver mais hospedagens em Sukhumvit.

Ver mais hospedagens em Sukhumvit Asoke.

Riverside, Rio Chao Phraya 

A região as margens do rio Chao Phraya abrange diversos hotéis 5 estrelas: Shangri-La, Madarin Oriental e Anantara Resort estão localizados aqui, assim como a maioria das principais atrações turísticas da cidade. Portanto, se você quer estar perto dos templos mais famosos de Bangkok e ter uma vista maravilhosa do rio, ficar hospedado em Riverside é uma boa ideia.

No outro lado do rio, onde fica o templo Wat Arun, tem um Ibis Hotel com um ótimo custo-benefício.

hotel shangri-la riverside bangkok

Ver mais hospedagens em Riversides.

Silom Road

A região financeira. Prédios altos e com arquitetura moderna é o que você vê por aqui, além de bons restaurantes e hotéis de redes famosas. Silom central é uma área bem menos turística, com praticamente nenhuma atração famosa por perto. Portanto se você procura uma região calma em meio ao caos que Bangkok pode ser, aqui é o seu lugar.

Silom se estende até o rio Chao Phraya e o Lebua Hotel (onde fica o famoso Sky Bar, do filme “Se Beber Não Case 2″) fica nesta região e tem uma vista linda para o rio.

Sky Bay Sirocco Lebua hotel riverside Bangkok

Ver mais hospedagens em Silom.

O blog tem uma parceria com o Booking.com. Toda reserva que você fizer através do link disponibilizado neste post, o blog ganha uma pequena comissão. Você ajuda a mante-lo ativo e não paga nada por isso. 

Se aprovou as dicas, deixe o seu curtir 😉 Até o próximo post!!

14 dezembro, 2015
Dicas de Presentes de Natal
Compras, DICAS
Jingle bells, jingle bells, jingle all the way! Ôo what fun it is to ride, in a horse open sleigh, hey!….presente de natal papai noel dicas

Quem aqui também costuma cantarolar essa músiquinha? Que atire a primeira pedra quem nunca! Afinal, chegou a época do ano que todo mundo ama: Natal e Ano Novo! A galera fica na correria para finalizar o trabalho, deixar tudo organizado para as férias e fica na ansiedade para as festas com a família ou para aquela viagem de fim de ano. Não é bem assim que acontece?! Eu confesso que este ano é o primero que eu não sinto essa afliação/ansiedade, porque, mesmo as lojas, os supermercados, os restaurantes, as escolas e demais lugares da China estejam enfeitados para o Natal, aqui não tem as tão esperadas “férias” de fim de ano e não sinto o clima natalino tão presente, talvez porque esteja longe da família ou talvez porque, tradicionalmente, os chineses não celebram o Natal.

Mas estava aqui pensando “o que eu vou dar de presente e o que eu quero de Natal?” e lembrei dos tempos em que morava, estudava e trabalhava no Brasil e era uma verdadeira loucura – eu tentava me programar, mas sempre deixava a compra dos presentes para a última hora. E pensando nisso (e nas pessoas que são como eu hehe) montei uma wishlist com dicas de presentes (que eu iria adorar ganhar também) e o melhor: podem ser comprados pela internet, sem sair de casa, pegar trânsito, pagar estacionamento do shopping, aturar lojas lotadas, enfrentar filas….

Dica de presente de natal roupas compras c&a esporte

Eu AMO roupa nova, álias, toda mulher ama! Por mais que a gente compre ou ganhe, parece que sempre está faltando aquela peça que é ultima tendência, tipo a “must have” do momento. Não é gurias!?

A C&A subiu muito no meu conceito depois das grandes parcerias que lançou em 2015 – Kim Kardashian West, Sarah Chofakian, Adriana Barra, Lolitta, Blueman, só para citar algumas. E aqui na China, ela é considerada marca conceito (tem loja nos melhores shoppings das principais cidades chinesas). Sem falar que oferece preços ótimos e não ficam para trás quando o assunto é moda. Estão sempre de olho nas últimas tendências.

Sou apaixonada por macacão e amei esses dois modelos (veja aqui e aqui). Na minha opinião, não há peça de roupa mais confortável e elegante. O vestido branco seria minha escolha de look para o Ano Novo, muito fofo. E o conjunto beachwear com calcinha cintura alta, que mais parece biquini do que maiô, está super em alta.

Outro presente bom é roupa ou acessório de academia ou para praticar esportes. Se a pessoa presenteada é adepta das atividades físicas, vai adorar e, se ainda não é, o presente é mais um empurrãozinho para passar a ser. Afinal, sedentarismo já saiu de moda. Regata Adidas e tênis Asics na CentauroLIVROS autor Dan Brown inferno simbolo perdido fortaleza digital Leandro Narloch historia brasil mundo

Eu sou daquelas total adepta dos livros, não gosto de ler no tablet ou qualquer outro eletrônico. Nada como folhear página por página e sentir o cheirinho de papel, não é!? Um dos meus autores favoritos é o Dan Brown, do famoso O Código da Vinci e Anjos e Demônios (demais esse livro!). O último que li dele, eu, simplesmente, amei – Inferno – é aquele tipo de história que te prende, você não consegue parar de ler e o final te deixa de queixo caído. É surpreendente e te faz refletir muito no papel que temos no mundo e no que este está se transformando. Super recomendo!

Agora estou ansiosa para ler os títulos Fortaleza Digital e o Símbolo Perdido.

Falando em mundo, tem dois livros ótimos do jornalista Leandro Narloch, que dei de presente para o Rodrigo (claro, depois peguei emprestado para ler) que todo mundo deveria ler – Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil (best seller) e Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo. Ambos são bem polêmicos, há quem elogie a coragem do autor por mostrar um lado diferente da história contada nos livros de história e há quem critique a posição política (?) do jornalista. Verdade seja dita, a leitura é boa, dinâmica e interessante. Adorei!

Está na lista de próximas aquisições o Guia Politicamente Incorreto da América Latina e o Guia Politicamente Incorreto do Futebol (escrito pelos jornalistas Jones Rossi e Leonardo Mendes Júnior), boa pedida para presentear o namorado/maridão ein.

Afinal, livro é aquele tipo de presente que não tem erro. Não tem perigo de errar o tamanho, a cor, o modelo…

Presente natal decoração acessorios kit viagem copo termico

Sabem essas coisinhas que podem parecer supérfluas, mas que deixam seu dia mais gostoso ou sua casa com mais vida? Com certeza, fazem a diferença! Tem várias marcas que são especialistas nessas “tranqueirinhas”, mas eu adoro a Imaginarium, porque ela tem coisas muito diferentes, criativas e fofas. As opções de presentes são infinitas, mas eu separei alguns itens divertidos que tem muita utilidade…

Viciada em viagens que sou, amei o Kit de Viagem Vamos Embora, que vem com almofada de pescoço, tag para mala (super importante, não esqueçam de usar) e máscara de dormir (não fico mais sem durante os voos). Eles também tem cada almofada diferente, uma mais fofa que a outra e canecas e copos descolados. Eu escolhi essa caneca liiinda para tomar meu suco verde de todo santo dia e um copo térmico muito legal para poder levar meu café pra cima e pra baixo, afinal coffee is always a good idea.

Lista bem eclética né!? Se curtiram a minha seleção, deixem um alô nos comentários… Beijos e boas compras! 😀

09 dezembro, 2015
Aplicativos (grátis) para aprender mandarim
DICAS, Redes Sociais

Nǐ hǎo 你好… quero dizer, olá! estudar aprender chines mandarim

Quando se viaja para outro país onde o idioma é diferente, é importante e de bom tom aprender algumas palavras-chaves da língua local, como “olá”, “bom dia”, “obrigada” e por aí vai. Peguei essa “mania” de baixar aplicativos para aprender outros idiomas faz pouco tempo, mas consegui praticar o pouquinho que sei de francês em Paris e dizer algumas palavras em vietnamita, quando visitei o Vietnã. Eu só sabia meia duzia de coisas, mas já foi o suficiente para arrancar uma cara de espanto do garçom do restaurante kkkk

Quando se trata de China, eu diria, aprender mandarim é praticamente obrigatório e necessário para nossa sobrevivência! Tá, sem exageros, claro que a linguagem corporal e os gestos as vezes funcionam e nos pontos turísticos você até encontra chineses que falam inglês, mas vai dizer: não rola uma curiosidade, uma vontade de aprender algumas palavras e frases em mandarim? É o idioma mais falada no mundo!!! Até mais do que o inglês, afinal, a população chinesa ultrapassa um bilhão de pessoas…

Hoje eu estudo mandarim em uma escola para estrangeiros, mas quando cheguei na China, me virava só com o que aprendi usando o celular. Muitos me perguntam se é difícil. Eu, sinceramente, não acho a gramática chinesa difícil, é menos complexa que o português, mas o que complica para nós estrangeiros é a pronúncia dos tons (e a escrita dos caracteres, claro). Quando a palavra está em um conxteto, os chineses, geralmente, conseguem entender mesmo se o tom não está próximo do real, mas se não tem um contexto, aí ferrou… você pode repetir 10 vezes até que a pessoa consiga entender o que você está querendo dizer… ou não. Então, não esqueçam: pronúncia é tudo!

• Nemo Chinês Mandarim

Já comentei desse app aqui, é um dos meus preferidos, pois é simples e fácil de usar. Ele te mostra a palavra em português (ou no idioma que você preferir) e a tradução em chinês, escrita em pinyin (alfabeto) e em hanzi (caracteres chineses) e o áudio de falante nativo, que ajuda muito na pronúncia. Você pode escolher quantas palavras quer aprender por dia e, se quer aprender palavras ou frases essenciais ou perguntas comuns do dia a dia. Ele ainda te dá a opção de gravar a sua voz e depois comparar com o áudio do “professor”. Na versão completa (custa U$9,99), você aprende a pedir direções, ir às compras, puxar conversa, pedir comida, reservar um hotel e várias outras coisinhas importantes.

nemo app chines aprender mandarim

• Aprenda Chinês Grátis: Frases e Vocabulário para Viagens, Estudos e Morar na China

Esse app é semelhante ao Nemo, mas mais focado em frases inteiras. Ele te explica exatamente o que falar em chinês em determinadas situações e ainda tem frases básicas prontas, em português, com tradução em pinyin e hanzi, que ajudam muito no dia a dia. Por exemplo, quando algum chinês não entende, de jeito nenhum, o que você está dizendo ou perguntando, é só mostrar a pergunta em hanzi. A versão completa custa U$ 4,99.

• Learn Mandarin ®

Um pouco mais completo e avançado (apesar de ser mandarim básico) que os demais e mais focado em lições. Ele é dividido por assuntos: Educação; Família; Cidades; Viagens; Cores; Números; Compras; Roupas, entre outros. E você estuda de acordo com o assunto de sua escolha. Você aprende através de exercícios audiovisuais e são mais de nove tipos de lições, entre elas jogo da memória, quiz, lista de estudos e áudio.

• Monki Chinese Class: Aprendiz de Idiomas

Esse app é para aqueles que querem aprender a escrever os caracteres chineses. Na verdade, ele foi criado para as crianças, por isso é composto de ilustrações fofas e coloridas. Cada caracter é representado pelo desenho do seu significado e você precisa escrever o ideograma por cima do desenho, traço por traço. Sim, é bem infantil, mas ajuda muito a fixar a sequência correta de escrever um ideograma e a associá-lo ao seu significado.  O app te chama atenção quando o traçado está errado e tem áudio, o que ajuda a entender a pronúncia correta.monki chinese class aprender mandarim

Se você quer aprender um pouco desse idioma tão antigo e que parece de outro mundo, mas na verdade não é (!), seja por curiosidade ou por necessidade, não deixe de fazer o download destes aplicativos. São todos free e não necessitam de acesso a internet. E ajudam muito! Depois, quem sabe, podemos bater um papinho em mandarim. Topas?

Zàijiàn

03 dezembro, 2015
Achados da China | Novembro #1
Compras, DICAS

Acabou… Acabou novembro e já estamos no mês mais esperado, aguardado, ansiado pela maioria das pessoas. Confessa, vai…. Eu também adoro dezembro e o clima de fim de ano.

E como prometi no post de novidades e layout novo do blog, todo fim do mês (ou neste caso, no início do próximo) teremos a tag #AchadosdaChina, afinal, estamos falando do país que é o maior produtor de… quase tudo! E mesmo que os chineses tenham fama de copiar produtos, eles tem uma criativiade incrível de inventar coisas novas – úteis e inúteis, e aqui a gente vê de tudo para vender!

Olha só o que eu achei nesses últimos dias pela estrada da vida China:

Achados da China

1♥ Almofadas para aquecer as mãos

Se o nome original é esse mesmo, eu não sei, mas com a chegada do inverno aqui na China, essa almofadinha de pelúcia  está à venda em váaarios lugares. Provavelmente, isso já existe faz tempo, mas como no Brasil mal faz frio, eu nunca tinha visto antes. A almofada é aberta nas laterais, de ponta a ponta, e serve para colocar as mãos por dentro e aquecê-las. Tem algumas que vem até com bolsa térmica, aí é só esquentar a bolsa, colocar dentro da almofada e deixar suas mãos bem quentinhas :)

Eu vi muitas meninas usando em Pequim, onde o frio já chegou. Aqui em Xiamen, as temperaturas continuam amenas, então por enquanto só vi nas lojas. Mas estou pensando em aderir quando esfriar pra valer, achei fofo!!! E vocês?

2♥ Adesivos para aquecer o corpo

Continuando na onda do inverno, esse achado eu já tinha visto pela internet e não levei muito fé, mas existe e funciona! São adesivos descartáveis que podem ser colados em qualquer parte do corpo, para aquecer. E esquentam mesmo. Os patchs, como são chamados, foram invenção dos vizinhos japoneses, e vem em diferentes temperaturas. O bom é que eles são pequenos, fácil de carregar na bolsa e pode colar e descolar a hora que quiser. Só seguir algumas recomendações: não dormir com ele colado ao corpo e não usar mais de oito horas seguidas. Muito útil né!? Salvação para os dias mais frios.

3♥ Cartões chineses em 3D

A arte de cortar papel é tradição cultural na China e os recortes em papéis são considerados trabalhos artísticos. E essas cartões em 3D são verdadeiras obras de arte mesmo! Além de lindos, eles valorizam os pontos turísticos e históricos da China. Na capa há uma imagem em papel vazado e quando você abre o cartão, a surpresa: uma imagem em 3D toda feita em papel.

Eu não sei exatamente como esses cartões são feitos, mas provavelmente são recortados manualmente. E se for isso mesmo, o trabalho é mais do que incrível. Eu achei para vender em Beijing, mas sei que em Shanghai também tem. Os vendedores de rua estavam pedindo RMB 30 por cartão. Normalmente quando é vendedor ambulante, vale barganhar, mas achei o valor tão baixo para o trabalho que é, que aceitei pagar o preço cheio. O papel é durinho, de qualidade (no Brasil, por esse valor, não pagaríamos nem o papel kkk). Com certeza, uma bela lembrança para se ter (ou para se dar) da China.

4♥ Anel com unha

Ein? Anel com unha, que coisa bizarra é essa? Esse é o tipo de coisa que encontramos na China. Na verdade, não vou deixar os chineses levarem todo o crédito kkkk Esse anel “diferente” eu achei na fast fashion H&M, então provavelmente o acessório está em todas as lojas da rede, ou seja, praticamente, no mundo todo. Eu achei interessante, mas não sei se usaria. E você?

Então, o que acharam dos meus #AchadosdaChina? Qual seu preferido?