20 setembro, 2015
As melhores praias de Bali
Bali, DICAS, VIAGENS

PARA TU-DO! Agora chegou a melhor parte de falar sobre Bali: as praias! Há quem ame a primeira vista e há quem se decepcione com a beleza das praias, afinal, estamos falando de um destino famoso e super estimado pelos apaixonados por ondas, há décadas. Minha opinião?! Eu amei! A natureza, o clima, as pessoas bonitas e o bom humor dos locais contribuem para o cenário ser perfeito.

Falando um pouco das principais praias de Bali:

AGITO EM KUTA E SEMINYAK

Vamos começar pelo menos bom, né?! Eu já comentei aqui que estas praias não são as mais bonitas (há praias no nordeste brasileiro que dão de dez nessas), mas o que “falta” em beleza, sobra em agito e curtição. Kuta é considerada o centro da ilha e Seminyak, ao lado de Kuta, a região mais descolada. É aqui que ficam os beach clubs mais babados de Bali – o Ku De Ta e o Potato Head.

Ku de Ta beach club Seminyak Bali por do sol
Curtindo o pôr do sol direto de Ku De Ta

NUSA DUA E SANUR PARA IR COM A FAMÍLIA

Praias de águas calmas e cristalinas, situadas no sudeste da ilha. Sanur já foi a sensação de Bali, mas hoje não recebe tantos turistas e é ótimo destino para famílias. O mesmo acontece com Nusa Dua. Fomos passar uma sexta-feira linda de sol em Nusa Dua e eramos os únicos na beira da praia e no beach club dali!!! Fiquei surpresa, mas confesso que adorei – um paraíso desses só para nós! Vez ou outra passavam alguns turistas caminhando, mas só para terem uma ideia de como a praia é tranquila (lembrando que fui em outubro, que é baixa temporada).

Nusa Dua beach club praia vazia
“Olha só eu aqui!”
Mar de agua cristalina Nusa Dua Bali
Água limpinha limpinha em Nusa Dua

Foi nas águas de Nusa Dua que avistamos mini tubarões, que segundo os locais, não são carnívoros e não oferecem risco aos banhistas. Dito isso, nós nos aventuramos no fundo do mar para vê-los mais de perto e não é que eles fugiam de nós!? E para quem ficou com receio… Bom, eu estou aqui sã e salva, ou seja, não é preciso ter medo, pois eles não são agressivos (e realmente não sei se eles aparecem com frequência ou foi sorte nossa). Inclusive Nusa Dua é muita indicada para crianças, pois o mar é raso e sem ondas.

PRAIAS DE SURF – DREAMLAND, BALANGAN E IMPOSSIBLE BEACH

Que Bali é o paraíso do surf, todo mundo sabe, não é?! As praias mais famosas entre os surfistas ficam no sul da ilha, na península de Bukit, algumas são ótimas também para banhistas, mas outras são mais indicadas para a prática de surf. É o caso de Dreamland e Balangan, que ficam na mesma entrada. É preciso passar por um condomínio de casas bem grande até chegar na beira dessas praias. A direita fica a entrada de Dreamland e a esquerda, Balangam e tem que chegar de carro ou moto, porque ficam distante de tudo. Em Dreamland as ondas quebram forte na beira e em Balangam tem muitos corais no raso. Claro que dá para se banhar, mas fica mais complicado hehe. De qualquer maneira, estavam cheias de turistas nas areias.

Dreamland beach mar agitado Bali Bukit
Mar mais agitado em Dreamland

Impossible beach é uma continuação de Padang-Padang e eu só a conheci, pois o resort onde me hospedei {maravilhoso, por sinal – leia mais aqui} fica a beira-mar dessa praia. Não costuma ficar ninguém na pequena faixa de areia, mas o mar tem muitos surfistas (Rodrigo aproveitou muito). Ah, e é bom levar botinha para surfar nessas águas, pois tem muitos corais.

PADANG-PADANG E ULUWATU

Minhas preferidas ♥ e responsáveis pela minha depre-pós-férias quando voltei à China kkkk. Que lugares incríveis! Ambas são conhecidas como praia de surfistas, mas também fazem a alegria de quem vai para lá apenas com a intenção de pegar praia (eu, no caso). Uluwatu é incríveeeel, mas a praia só existe quando a maré está baixa. Assim, ela forma uma piscina de águas naturais, perfeita para um mergulho refrescante. Para chegar até a beira, é preciso passar por uma escadaria e por uma caverna, muuuito legal. Lá do alto, a vista é de outro mundo! Quando a maré está alta, mero banhista, esqueça, só surfistas profissa conseguem chegar até o mar com ondas gigantes. O ponto é chamado de Blue Point e é aqui que fica o bar surpresa da viagem, o Single Finn – pratos e drinks baratos e deliciosos, vista única, música boa e muita gente bonita, viramos fãs.

Uluwatu blue point surfistas Bali Indonesia
Blue Point, Uluwatu
Caverna beira Uluwatu beach, praia Bali
Caverna na beira de Uluwatu
banho de mar mare baixa uluwatu agua cristalina
Banho de mar na maré baixa

 Padang-padang ficou mais famosa depois de aparecer no filme Comer, Rezar e Amar, com Julia Roberts. É uma praia meio escondida entre pedras e tem um mar de águas cristalinas que, embaixo d’água, é possível ver até a sujeirinha debaixo da unha do pé rsrsrs. Quer pegar praia? Passar o dia atirado na areia sem fazer nada? Aqui é o lugar perfeito, pois tem uma boa faixa de areia. Quando a maré estava baixa, nós conseguíamos ir a pé do resort em Impossible até Padang, uma delícia de caminhada.

Padang padang praia surf bali
Caminho entre as pedras de Impossible para Padang
banho de mar agua transparente Padang Bali
Mar mais gostoso – água morna e límpida

Nessa região, você até se sente um pouquinho no Brasil, pois é fácil fácil escutar alguém falando português. São tantos brasileiros que vão para essas praias que os vendedores locais até arranham um pouco do nosso idioma – “moça bonita, canga?” eu escutei algumas vezes.

Outra que não pode deixar de ir é Finn’s Beach, uma praia meio escondida que só é possível chegar por uma espécie de teleférico que passa entre as paredes de um penhasco. A praia é privada do Semara Luxury Villa Resort em Ungasan e é preciso pagar uma pequena taxa para entrar, o que garante uma praia tranquila, sem muita gente e atendimento personalizado do beach club. É o mesmo mar de Karma beach, porém elas são separadas por esse penhasco enorme.

cable car Finns beach Bali
Meio de transporte para Finns Beach
Finns beach ferias na praia Bali
Relaxando na praia linda de Finns

Tem que conhecer também a praia de Jimbaran e não cometa o mesmo erro que eu e deixe de ir na Gili Island, uma ilha que fica a algumas poucas horas de barco de Bali. Eu não tive tempo de conhecer, mas amigos turistas e locais só passaram ótimas recomendações. Fica pra próxima…

Evite: Pandawa beach, também conhecida como Secret Beach. Explico: quando comecei a pesquisar sobre Bali, li que esta praia tinha sido descoberta a pouco tempo e como o nome diz, era meio secreta ainda. Então eu logo pensei “preciso ir!”. Estava na minha lista de prioridades para fazer em Bali. E no dia que contratamos um motorista balinês, pedi para nos levar nessa praia. Ele fez cara feia e disse que a praia não era legal, mas eu insisti que queria ir. Foi a maior decepção da viagem. Logo na única entrada da praia, estavam estacionados vários ônibus de excursões, que segundo o Wayan (nosso motorista) vinham de Jacarta. Eu fui caminhar para conhecer a praia e me deparei com uma gurizada, todos de roupa, numa algazarra. Além disso, os vendedores da praia chamavam minha atenção o tempo todo, pois visivelmente eu era a única com cara de turista por ali. Não foi uma experiência muito e legal e segundo o que nosso motorista comentou, deduzi que não era, nem de longe, uma boa opção de praia em Bali.

Já li vários comentários de pessoas que se decepcionaram com as praias de Bali, mas acho que é preciso saber escolher as praias certas para o seu perfil. E Bali oferece muito mais do que praias paradisíacas, para saber mais, dá uma olhadinha nesse post aqui ó.

Beijos e espero seu comentário 😉

SaveMe!
18 setembro, 2015
Bali | Cultura, templos, mergulho: o que fazer?
Bali, VIAGENS

A mais famosa ilha da Indonésia, Bali é um dos melhores destinos que já viajei. Quem leu o post anterior, já se convenceu de que aqui é o paraíso? Além das praias maravilhosas, os quesitos alimentação, estadia e transporte são super em conta. Acho que é o melhor custo-benefício visto na face da terra rsrsrs e é por essas e outras razões que eu digo: a trip vale muuuito a pena!

Como já comentei, a ilha é bem grande e, devo dizer, o trânsito é uma loucura. E apesar de ser fácil e barato alugar o serviço de motorista particular, se locomover muito dentro da ilha pode trazer certo stress e perda de tempo. Nesse caso, eu sugiro pesquisar e programar bem onde se hospedar e o que fazer por lá. Afinal, engana-se quem pensa que Bali é feito apenas de praias paradisíacas.

CULTURA EM UBUD

Situado no coração da ilha, Ubud é o centro cultural de Bali. Não tem praia, mas é digno de se visitar. É rodeado de templos, montanhas e os famosos arrozais, além de vários restaurantes com pratos típicos, shows de danças balinesas, oferendasspas e resorts. O que tem de melhor: Monkey Forest ou Floresta dos Macacos Sagrados é um parque com muita mata, macacos e templos. Mas tome cuidado com os bichinhos, viu. Alguns são bravos e podem até mexer na sua bolsa/mochila se sentirem cheiro de comida ou irem pra cima de você se se sentirem incomodados; não deixe também de conhecer os arrozais de Tegalalang, um dos mais famosos de Bali; aprecie a dança balinesa no Café Lotus e curta uma massagem balinesa em um das dezenas de spas da região.

Ubud é relativamente pequena e tranquila, é fácil se locomover a pé. Mas alugamos uma moto para explorar melhor e conseguir chegar até os campos de arroz Tegalalang, que são um pouco mais afastados. Além da paisagem ser linda, o caminho é repleto de lojinhas com os mais belos artesanatos balineses. Achar loja de aluguel de motos é bem fácil, o aluguel é barato e não precisa apresentar carteira de habilitação.

Templo centro Ubud Bali
Um entre as dezenas de templos em Ubud
Campos de arroz Tegalallang Ubud Bali
Campos de arroz Tagalalang
Moto em Ubud templo arrozais aventura
Aventureiros feelings kkk Banda de moto por Ubud
Oferenda cultura Balinesa no centro de Ubud Bali
Rituais balineses, todo dia as 6 horas da tarde

Passear por Ubud é muito agradável e o lugar tem uma energia incrível, eu simplesmente amei. E é o melhor lugar da ilha para comprinhas – lembrancinhas, cangas, incensos – para meditar nos inúmeros templos e para relaxar com AQUELA massagem balinesa. Esta região foi o cenário principal de Julia Roberts em Bali, no filme Comer, Rezar e Amar.

TEMPLOS A BEIRA-MAR

Marcada pelo hinduísmo, Bali tem centenas de estátuas e templos espalhados pelos quatro cantos da ilha, mas os templos mais famosos (e provavelmente, os mais bacanas) são o Tanah Lot e o Uluwatu Temple. Os templos foram construídos estrategicamente nos pontos mais lindos. Dizem que há sete templos a beira-mar de Bali, mas segundo nosso motorista balinês, estes dois são os mais sagrados.

O Tanah Lot fica na região central de Bali, ao norte de Semyniak. Ele foi construído bem em cima de uma rocha e fica tomado pela água do mar quando a maré esta alta. Tivemos sorte de pegar a maré baixa e poder desvendar os seus arredores e o Batu Balong, um templo menor dentro do Tanah Lot. A dica é ir no fim de tarde para curtir o sunset. A vista é realmente incrível.

O Uluwatu Temple está localizado, claro, na praia de mesmo nome, ao sul da ilha. Ele fica no alto de um penhasco, o que deixa a vista ainda mais linda. É aqui que acontece, junto com o pôr-do-sol, a Kecak, dança mais tradicional balinesa, onde homens emitem sons indecifráveis enquanto os personagens representam uma história. Aqui também tem vários macacos soltos, que adoram chamar a atenção dos turistas, muito engraçado. Pequenos templos, estátuas e muitas oferendas deixam o cenário ainda mais encantador.

Tanah Lot Templo Bali Indonesia
No alto do Tanah Lot com Batu Balong ao fundo
Vista do Uluwatu Templo
Vista do templo em Uluwatu
Danca Kekak cultura balinesa por do sol Uluwatu templo
Pôr do sol e o início da dança Kecak
Por do sol lindo templo Tanah Lot Bali
Pôr do sol maravilindo direto do Tanah Lot

E o pôr-do-sol nos templos é realmente um momento mágico, tem-que-ir! Além destes, o Uluan Danu e o Taman Ayun são outros templos bem indicados.

CHURRASCO DE FRUTOS DO MAR EM JIMBARAN

Há quem diga que esse passeio é turístico demais, mas eu gostei da experiência. São vários restaurantes, um ao lado do outro a beira-mar de Jimbaran, onde você escolhe a dedo a sua própria comida, viva! Isso mesmo. Peixes, lagostas e outros frutos do mar ficam em aquários só esperando serem pescados e colocados para assar. Nada muito diferente do que se vê nos supermercados da China rsrsrs mas a ideia é um jantar fresquinho e delicioso e uma vista mara.

Frutos do mar jantar em Jimbaran Bali
Escolhendo nosso jantar, tão exótico
Jantar romantico a luz de velas em Jimbaran Bali
Jantar a luz de velas a beira mar de Jimbaran

Você janta, literalmente, na beira da praia, com os pés na areia e a luz de velas. A estrutura é simples, mas a atmosfera é relaxante e gostosa.

MERGULHO

O norte da ilha concentra as melhores praias para mergulho e a Tulamben é a mais indicada. Barco naufragado, vasta cobertura de corais, muita vida marinha e areia preta consequência da lava do vulcão ativo são algumas coisas que o mergulhador pode apreciar por aqui. Eu não cheguei a ir, pois o norte da ilha é bem longe da parte sul onde me encontrava (são mais de oito horas de viajem, sem trânsito), é pouco turístico e a praia é boa apenas para mergulho. Mas opções de mergulho é o que não faltam em Bali.

As pequenas ilhas Nusa Penida e Nusa Lembongam oferecem uma grande variedade de peixes diferentes e corais. O barco que leva para ambas as ilhas parte da praia de Sanur, no leste da ilha. Já a Gili Island é um pouco mais longe de Bali, mas é outro lugar super indicado para mergulho e para curtir praia também. É bem turística e alguns amigos que foram, adoraram. Eu, infelizmente, não consegui ir à Gili, pois pelo o que me informei, só tem um horário de barco, por dia, para ir e para voltar (se não me engano, a ida é as 11 horas e a volta, as 16 horas e são quase duas horas de viajem) ou seja, para aproveitar bem a ilha, é necessário passar uma noite lá e eu acabei reservando hotel apenas em Bali. Mas Gili já está na minha lista para a próxima viagem à Indonésia.

Como tinha reservado pouco tempo para mergulho, fomos na Tanjung Benoa em Nusa Dua. A agência Pandawa oferece mergulho de cilindro, de snorkel e o Sea Star Walker, que é o mergulho caminhando no fundo do mar e usa apenas um capacete parecido com um astronauta. Pelo o que eu sei, Bali é o único lugar que oferece esse tipo de mergulho. A experiência é bacana, mas algo bem para iniciantes. Quem ama mergulhar, definitivamente tem melhores opções em Bali, como as que citei acima.

mergulho em bali peixes fundo do mar
Alimentando os peixes no mergulho caminhado

PRAIAS

Bom, acho que já falei demais, não é!? As praias de Bali são tão incríveis que merecem um post especial e só delas! Amanhã estará no ar, prometo!

E depois de ler tudo isso e se apaixonar, fica a pergunta superimportante: quando visitar Bali?

A estação chuvosa é de novembro a fevereiro e junho, julho e agosto são os meses de alta temporada. Outubro, quando estive lá, é quente, sem chuva e sem muita muvuca. Segundo nosso motorista balinês, é a melhor época para ir à Bali, principalmente, porque não é tããão quente e não tem tanto trânsito.

Quanto tempo ficar? Isso é relativo. Se você quer conhecer toda a ilha, um mês é pouco. Eu fiquei duas semanas e consegui visitar vários pontos turísticos e aproveitar muita praia. Mas sei que tem muito mais para conhecer.

O que acharam de Bali? Beijos e até o próximo post :)

28 agosto, 2015
Bali | O paraíso na Ásia: onde ficar e se hospedar
Bali, VIAGENS

Bali Anantara férias paraísoResponda rápido: como você imagina o paraíso? Se você é como eu e pensou em praia, sol, calor e pessoas felizes, seu lugar é Bali. A principal ilha da Indonésia foi a primeira viagem que fiz depois que vim para a China e posso dizer: Bali é a definição de paraíso na terra!

Na mais famosa, entre as 13.667 ilhas da Indonésia, as praias são paradisíacas, a água do mar é cristalina e morna e os locais são MUITO simpáticos e receptivos. Bali é longe do Brasil? É… são cerca de 30 horas de voo e mais o tempo de escala, mas assim que você se depara com as belezas naturais da ilha, toda a distância vale a pena. E quer saber de outra notícia mara? Bali é um destino extremamente ba-ra-to. Isso mesmo, a moeda – rupia indonésia- é muito desvalorizada em relação ao dólar: 1 dólar vale 12 mil rupias indonesia. É tipo Vietnã {já leu as dicas de lá?} onde você troca 500 dólares e ja vira milionário (com uma penca de notas que valem alguns milhões de rupias kkkk). Você pode se hospedar em hostel gastando uma miséria por dia (alô mochileiros e surfistas) ou ficar em resort 5 estrelas na beira da praia com diária a preço de hotel simplérrimo no centro do Rio de Janeiro. Tem para todos os estilos de viajantes e todos os budgets, mas gastando relativamente pouco, é possível ter luxo, sombra e água fresca.

Mas afinal, onde ficar em Bali? Eu não imaginava que a ilha fosse tão grande (já li por aí que ela é maior que o estado de São Paulo) e é impossível conhece-lá toda em apenas algumas semanas de férias. Mas as praias mais procuradas são as do sul da ilha, na península de Bukit, e nas próximidades de Kuta, que fica perto do aeroporto de Denpassar, o principal da ilha. E é bom avisar: pela falta de estrutura rodoviária, o trânsito em Bali é caótico e mega movimentado. Por isso, minha sugestão é escolher alguns lugares para ficar hospedado por alguns dias e não sair muito daquele região. Pesquisei muito antes de viajar e se você está convencido de que Bali é O lugar, aqui vão minhas dicas de onde se hospedar. PS: sempre, sempre reservo pelo BOOKING.COM, o site top número 1 para quem ama viajar e que tem vários descontos.

KUTA, SEMINYAK E LEGIAN

Kuta é considerado o centro da ilha, é a parte mais estruturada e recebe muitos turistas todos os anos. Mas a praia não tem nada de especial, é muita gente e muita sujeira, por isso nem indico muito ficar hospedado por aqui – Kuta somente para compras e vida noturna agitada.

Seminyak e Legian são próximas de Kuta, mas as praias são mais limpas e menos tumultuadas. Eu quis ficar uns dias em Seminyak porque é a praia mais descolada da ilha. E apesar da praia não ser assim, liiiinda, eu curti muito . É lá que ficam os beach clubs mais babados (Potato Head and Ku De Ta, demóoois), vários restaurantes e bares badalados e lojas boutiques. Eu super indico para quem procura agito, música e animação.

Eu fiquei hospedada no THE CLUB VILLAS, que é simplesmente incrível. São vilas com cozinha, quarto, banheiro com banheira e piscina privativa, demais ein!? E por um preço super amigo. A localização é ótima, no meio dos principais bares e restaurantes e a menos de 10 minutos de caminhada da praia. Atendimento perfeito, sempre levavam o café da manhã na vila no horário que pedíamos. E que delícia! Não é todo dia que a gente pode saborear um café da manhã completo a beira da piscina – bateu saudades já…

Vila piscina privativa conforto bali

 

Também indico o ANANDA RESORT SEMINYAK, que é ao lado do The Club Villas. É mais simples e por isso o preço é ainda mais baixo, mas é super bacana e o café da manhã é ó, uma delícia.  

UBUD

O centro cultural de Bali não tem praia, mas tem tantas outras atrações interessantes e uma energia incrível. É o lugar ideal para apreciar a culinária local, relaxar em um spa ou curtir o conforto de um, entre tantos resorts de lá. Passei apenas um dia em Ubud e me arrependi de não ter ficado hospedada uma ou duas noites para explorar mais a região e conhecer melhor a cultura balinesa. Na próxima, não cometerei essa gafe novamente rsrsrs

Mas tops blogueiras internacionais, como a Chiara Ferragni do The Blonde Salad e a Jessica Stein do Tuula Vintage já se hospedaram no The Mulia FOUR SEASONS RESORT BALI, respectivamente. Alguma dúvida de que são bons?

 

Bali resort luxo banheira toilet

Rio Resort vista da piscina Ubud Bali

PADANG PADANG E ULUWATU

Agora sim chegamos ao que pode ser a definição de paraíso na terra! Essas duas praias, ao sul de Bali, são famosas pelos surfistas, mas formam uma piscina de águas naturais e cristalinas que deixa qualquer mortal apaixonado e com vontade de sair de lá nunca mais. Apesar da estrutura da região ser ainda um pouco precária, há diversas opções de hotéis e resorts de luxo.

O ANANTARA BALI ULUWATU RESORT & SPA foi o melhor lugar que já fiquei na vida (páreo duro com o Amiana Resort de Nha Trang, Vietnã). Ele fica na beira da praia de Impossible, que na verdade, vira Padang Padang, e fica a cinco minutos de moto da praia de Uluwatu (sim, alugamos uma motinho por lá). Tem a opção de vila privativa ou quarto de hotel, que é simplesmente um luxo – é espaçoso, tem banheiro com duas pias e sacada com banheira e vista para o mar. O que poderia querer mais? E tá achando que o preço é absurdo? Como tudo em Bali é mais barato, esse resort não fica para trás.

Alguns amigos ficaram no Blue Point Bay Villas & Spa, na boca da praia de Uluwatu e me falaram muito bem sobre o lugar.

Piscina borda infinita Anantara Bali

Vista praias de Bali Padang Impossible

Cafe da manha com vista para o mar

cafe da manha delicia suco colorful donuts

Com certeza, essa foi a região de Bali que mais curti e super indico para quem quer pegar praia mesmo.

JIMBARAM

Outra praia ao sul de Bali, Jimbaran é ainda mais perto do aeroporto e tem um dos resorts mais famosos da ilha, o AYANA RESORT & SPA. Eu fiquei super afim de me hospedar nesse hotel, mas optei pelo Anantara, pois no quesito praia, li que Padang e Uluwatu eram melhores. Mas se você pretende relaxar e se desligar do mundo, seja sozinho, com o seu love ou com a família, o Ayana é o lugar certo! Phynesse pura! Eu fui conhecer o resort e me encantei com a estrutura, os serviços e o atendimento – você não precisa sair de lá pra nada. E é aqui que fica um dos bares mais tops de Bali, o Rock Bar, com uma vista de tirar o fôlego. Quem está hospedado no hotel, tem preferência para entrar, o que é uma boa ein, pois o lugar está sempre cheio no pôr do sol.

Piscina borda infinita pool Ayana Resort Bali jimbaram

Rock Bar Ayana Resort Bali mar e por do sol

Essas são algumas das principais regiões de Bali, que conta ainda com a praia de Nusa Dua, mar limpo e calmo e muito procurada por famílias e tantas outras que possuem acomodações do jeito que você procura.

Obs.: qualquer compra/reserva feita através dos links contidos neste post, o blog recebe uma pequena comissão. Você  não vai pagar nada a mais, só ajudar o China Chic a manter-se ativo :)

E agora, já pode voltar pra lá? ♥ ♥ ♥