21 julho, 2017
Shanghai Calling | Comédia romântica sobre a vida de um estrangeiro na China
DICAS, LIFESTYLE

O desafio de se mudar para um país como a China pode ser assustador para muita gente. Assim como foi para Sam Chao.

É verdade que a vida de um expatriado recém chegado na China pode não ser muito fácil, especialmente quando estamos falando da cultura, do idioma e das tradições do país. Num primeiro momento, tudo parece tão diferente e até estranho para nós. E Shanghai Calling ou O Chamado de Xangai, evidência exatamente isso: em meio a um enredo de comédia romântica clichê, o filme mostra, de forma divertida, os choques culturais que sofre um ocidental quando chega ao maior país do mundo. Sam Chao, na verdade, é o personagem vivido por Daniel Henney, um americano moderno que mesmo sendo de descendência chinesa, nada sabe sobre a China e muito menos sobre a cultura do país. Advogado de Nova Iorque, ele é transferido por seus chefes para fazer negócios em Shanghai e embarca para a China, totalmente contrariado, mas na esperança de cumprir o seu dever e ser promovido quando voltar à sua cidade natal nos Estados Unidos.

Shanghai Calling filme cultura China

Já no aeroporto de Shanghai, ele conhece a também americana Amanda (Eliza Coupe). Ela é responsável pela recolocação de expatriados na cidade e apresenta Sam à comunidade de Americatown (uma espécie de Chinatown ao contrário) e à dois expats americanos que tornam-se seus amigos ao longo da trama (um deles vivido por Bill Paxton). Na sede de sua empresa em Shanghai, Sam conhece sua assistente chinesa Fang Fang e o seu principal cliente – um americano que o procura pedindo ajuda para tratar de assuntos legais com um empreendedor chinês. É a partir daí que a história começa a se desenrolar e os problemas começam a surgir. Sam não faz o menor esforço para compreender e aceitar os costumes locais, o que torna os problemas ainda maiores – e o filme mais engraçado.

Mas deixando um pouco da história em si de lado, os confrontos do personagem principal com a cultura local e os “perrengues” que ele passa ao chegar na China são os fatos que deixam o filme mais interessante e divertido. E não há como qualquer estrangeiro que tenha se mudado para a China não se identificar com as situações que ocorrem no filme.

Algumas cenas são impagáveis, como: quando Sam dá de cara com a empregada doméstica (chamada em chinês de ayi), dentro de seu apartamento, e ela, sem qualquer descrição, desanda a falar em mandarim sem parar, enquanto ele não entende nada; e quando ele discute horrores com o taxista achando que ele está querendo tirar vantagem sua por ser estrangeiro e não falar o idioma, mas no fundo ele só está tentando ajudar; e a melhor: quando um chinês marca de encontrar Sam em um restaurante comum de comida chinesa e a cada momento senta um chinês na mesa deles, na maior cara dura e com um pote de noodles para comer. E Sam ainda fica preocupado que alguém ali poderia estar entendendo sua conversa secreta, sendo que ninguém sequer sabia falar inglês. Ok, falando assim até parece não ter muita graça, mas quem nunca passou por isso na China? Fazer uma simples pergunta em mandarim e receber uma resposta de 5 minutos, em que você não compreende absolutamente nada? Ou ter que lidar com a falta de privacidade do chinês que gosta de se intrometer em qualquer situação sua? Quando você se identifica e se dá conta que passou pelas mesmas situações do americano no filme, é inevitável segurar a risada.

Essas são situações engraçadas que a maioria dos estrangeiros na China já sentiu na pele… mas também há cenas interessantes que retratam mais detalhes da cultura chinesa. A importância de dar e receber o cartão de visitas com as duas mãos (assim como o dinheiro, o troco, a nota fiscal…) e o modo como os jovens chineses são recebidos pela família da amada, são algumas particularidades culturais mostradas no filme. E além da história, que tem seu toque divertido e charmoso, é importante destacar as cenas capturadas em Shanghai, que mostram uma cidade moderna (repleta de prédios arranha-céu), o The Bund e a Pearl Tower (dois dos principais pontos turísticos) e ainda o lado humilde e tranquilo dos locais.

O filme de Daniel Hsia, é de 2012, mas não deixa de ser bem atual. Pois acredite, todas as situações curiosas (algumas no mínimo, engraçadas) que Sam vive ao chegar na China, qualquer estrangeiro recém chegado ao país estará sujeito a passar. Até porque nada muda muito em cinco anos. No caso de Shanghai, “apenas” algumas dezenas de prédios gigantes a mais, para completar o moderno e grande horizonte da cidade. Um filme leve, engraçado e com toque de romantismo, que faz o telespectador mergulhar no entendimento de como pode ser a vida de um estrangeiro nessa louca e curiosa China.

shanghai calling comedia romantica china

Separa o saco de pipoca, acessa o filme no Netflix ou baixa no Youtube, pois vale a pena! Depois me contem o que acharam 😀

Zài Jian!

 

SaveMe!
07 dezembro, 2016
Destino China | Mr. & Mrs. Bund, o melhor restaurante francês de Shanghai
Destino China, DICAS

No #DestinoChina de semana passada, falei sobre o tour gastrônomico (de-li-ci-oso) que fiz por Shanghai recentemente (veja aqui). Mas a verdade é que estava guardando o melhor para hoje – um post sobre o restaurante francês mais conceituado da cidade. O Mr. & Mrs. Bund Modern Eatery não só é considerado o melhor francês de Shanghai, como também foi eleito um dos 50 MELHORES RESTAURANTES DO MUNDO, em 2012 e 2013 e desde 2012 está na lista dos 50 MELHORES RESTAURANTES DA ÁSIA!

O renomado chef Paul Pairet é quem está a frente do restaurante que, como o próprio nome diz, fica localizado no The Bund – a região mais turística de Shanghai. E claro, de lá temos uma vista linda para a Pearl Tower, para o Rio HuangPu e para todos os prédios modernos e incríveis de Pudong.

No MM Bund você encontrará um ambiente chic e elegante, porém relaxante. Mesas tamanho família, poltronas exuberantes e um bar com clima intimista. O pequeno terraço é um dos melhores spots da região para apreciar a vista do The Bund e tirar aquela foto-recordação com a Torre de Pérola ao fundo. Segundo Paul Pairet comentou em entrevista para o site Design Ride, o ambiente do restaurante foi arquitetado pensando nas sensações, não só gastronômicas, mas também visuais, com o intuito de prender o olhar do visitante em cada detalhe.

Durante o dia, a luz solar suave deixa o espaço mais leve e descontraído. Á noite, a iluminação é mais intimista, tornando o lugar mais elegante e romântico.

São quatro ambientes diferentes que conversam entre si. Destaque: para a longa mesa alta que está posicionada próxima da entrada até o bar, onde os clientes podem tomar seus aperitivos ou fazerem reuniões e eventos casuais; para as mesas grandes redondas que comportam confortavelmente até 12 pessoas, em uma área semi-privada e; também para as mesas de dois a quatro lugares próximas das janelas, onde é possível degustar sua refeição com a vista linda do Bund.

mr-mrs-bund-restaurante-frances-jantar-shanghai-xangai
mr-mrs-bund-restaurante-frances-shanghai-xangai-chic Fonte: Charlie Xia

O menu é bem generoso, com mais de 200 opções de pratos, bons drinks e excelentes vinhos. Há sugestões bem diferentes e criativas. Segundo indicação da casa, os pratos mais populares são: foie gras com avelã; pão trufado; salada de tomate com mozzarella di bufala; escargots; pernas de sapo; ostras; jumbo shrimp com citrus (camarão cítrico); black cod in the bag (bacalhau cozido em um saco); lagosta; scallops (vieiras); cordeiro e; costela. Para falar a verdade, são tantas delícias que fica difícil escolher o que pedir. Mas para a nossa alegria, um dos conceitos do restaurante é exatamente este: compartilhar os pratos. Ou seja, pedir vários e dividir entre os companheiros de mesa, tipo family-style.

Um dos meus favoritos é o Black Cod in the Bag, em que o bacalhau é preparado dentro de uma saco plástico com molho cantonês, que tem gostinho de laranja. O saco é aberto quando chega a mesa e o peixe fica com sabor leve, muito bom. O foie gras e as vieiras também são boas pedidas. Para acompanhamento, amo o purê trufado, o pão trufado e o risoto trufado. Afinal, qualquer prato trufado é maravilhoso, não é?!

cod-peixe-bacalhau-restaurante-frances-xangai

mm-bund-restaurante-frances-shanghai-culinaria

peixe-bacalhau-prato-restaurante-frances-xangai-china

mr-mrs-bund-shanghai-restaurante-frances-vinho

E também tem os Set Menus, que variam de RMB 488 a RMB 2088 por pessoa (cerca de USD 75 a USD 320). O menu completo, com descrição dos pratos e valores esta aqui.

O MM Bund também é considerado o primeiro restaurante de Shanghai que emprega o conceito de late-night dining. Ou seja, de quinta a sábado a cozinha funciona até as 2 horas da madrugada. A partir de certo horário as luzes ficam ainda mais baixas e o dj assume o comando com músicas no estilo pop lounge, bem agradável.

O atendimento é ótimo, os garçons falam inglês bem e costumam explicar como é feito cada prato mais exótico. Para não dizer que é tudo perfeito, em contrapartida, as porções são pequenas e os preços um pouco salgados. Mas estamos falando de um renomado restaurante francês localizado numa das regiões mais famosas de Shanghai e vamos combinar que, francês é conhecido por servir pratos pequenos, mas sempre caprichados e saborosos.

Endereço: Bund 18, 6/F – 18 Zhongshan Dong Yi Lu, near Nanjing Dong Lu, Shanghai | 中山东一路18号6楼, 近南京东路    

Importante fazer reserva: pelo site mmbund.com ou fone +86 (21) 6323 9898 ou reservations@mmbund.com 

É uma ótima opção para quem quer comer bem enquanto estiver em Shanghai ou para surpreender amigos, parentes ou outro alguém especial. Incrível como sempre que vou lá encontro algum brasileiro, todos adoram, é unanimidade. Por esses motivos que este foi o lugar que escolhi para comemorar meu último aniversário, tão bom…

Gostou? Deixe seu like ou seu comentário…

01 dezembro, 2016
Destino China | Tour gastrônomico por Shanghai
China, Destino China, DICAS, VIAGENS

A segunda maior cidade do mundo é um dos meus destinos preferidos na Ásia: além de estar localizada próxima de Xiamen, onde moro, tem uma infinidade de coisas interessantes para fazer. Então, sempre que posso, visito Shanghai. Dessa vez, fui para comemorar meu aniversário e aproveitar para curtir o clima cosmopolita e internacional da cidade, que eu tanto adoro.

Shanghai não é só um bom destino para turistar, conhecer a história da China, apreciar a arquitetura moderna e fazer compras, mas também é um ótimo lugar para experimentar a culinária local e internacional. Pensou que na China só tem comida esquisita? Em Shanghai você vai encontrar, praticamente, todas as cozinhas do mundo. E é por isso que essa cidade me apetece tanto…

O que teria melhor para fazer em um sábado frio, chuvoso e com vento do que um tour gastrônomico? Nada tão apetitoso me vem a cabeça. Esse roteiro – delicioso, diga-se de passagem – eu mesma montei com base nas minhas preferências. E aproveito para entregar aqui algumas dicas para quem está com viagem marcada para esse destino.

Beef & Liberty

Em dia de chuva dá uma vontade de enfiar o pé na jaca, não dá?! A primeira parada foi na Beef & Liberty, uma hamburgueria gourmet, localizada no Shanghai Centre Square, na West Nanjing Road. Eles são famosos pelos hamburguers gourmet feitos de maneira mais saudável possível, com carne bovina da Tasmânia, onde os bois são alimentados com grama. Apesar de adorar carne, a minha pedida foi o hamburguer de falafel acompanhado por fritas de batata doce. Não sou vegetariana nem nada, mas o hamburguer de falafel deles é divino! E a batatinha doce é simplesmente deliciosa. A combinação perfeita do levemente apimentado com o suavemente adocicado.

beef & liberty hamburger dica restaurante shanghai

Para harmonizar com os mais variados tipos de hambúrgueres, eles tem no menu várias cervejas artesanais, inclusive a famosa IPA. O atendimento é bom e o ambiente é moderninho e acolhedor. Os sofás e poltronas são tão confortáveis e o som ambiente tão animado, que dá vontade de ficar lá a tarde inteira só olhando a chuva cair do lado de fora.

Endereço: Suite 111, Shanghai Centre – No. 1376 west Nanjing Rd. | 南京西路1376号上海商城西峰111号商铺 邮政编码

Na Shanghai Centre, também conhecida por hospedar o luxuoso hotel Portman Ritz-Carlton, há diversas outras opções de restaurantes, são alguns deles:

baker & spice cafe da manha saudavel ovo pao Xangai

Baker & Spice :: padaria bistrô deliciosa (mais detalhes nesse post)

Element Fresh :: restaurante especializado em comida natural: saladas, sopas, sanduíches e outras entradinhas saudáveis e sucos naturais deliciosos.

Din Tai Fung :: um dos mais conceituados restaurantes chineses/taiwaneses de Shanghai.

Pure & Whole :: restaurante vegetariano maravilhoso, comidinhas saudáveis, leves e sucos deliciosos e fits. Esse eu super indico também.

Pizza Express :: bem ao lado do Beef & Liberty. Para quando bater a vontade de comer pizza…

Obs: todos os restaurantes citados acima tem endereço em outros pontos turísticos de Shanghai. Clique no link do nome para abrir o site, onde há maiores informações. 

A sobremesa e o cafezinho foram no Wagas, uma padaria da mesma rede da Baker & Spice e também com vários endereços pela cidade. O forte deles não são os doces, mas sim as saladas, cafés e sucos naturais.

Depois de namorar as vitrines e fazer umas comprinhas na East Nanjing Road, a maior rua comercial de Shanghai, pegamos a linha 2 do metrô direto para Xintiandi. O Xintiandi é um dos bairros mais descolados e graciosos da cidade e tem uma praça que reúne vários cafés, bistrôs, restaurantes, bares e lojas de moda. Eu adoro a atmosfera da região e sempre passo por aqui quando estou na cidade.

Nos dias de verão, a pedida é fazer um happy hour na varanda dos diversos restaurantes do Xintiandi Plaza. Já falei nesse post sobre o Bar da Paulaner, que é um dos mais frequentados. Também gosto do italiano Bottega Mozzarella Bar. A área externa é uma delícia para sentar, tomar um vinho ou espumante e reparar nas pessoas estilosas passando. Quanto ao menu, eu adoro as saladas e as pastas. Já o Rodrigo, adora a variedade de cervejas importadas.

Restaurante italiano xintiandi Shanghai Bottega bar

Bottega bar happy hour restaurante italiano Xintiandi Xangai

Estado Puro

Como o dia estava frio e chuvoso e o ambiente interno do Bottega um pouco vazio, fomos conhecer o restaurante ao lado – o espanhol chamado Estado Puro. Sabe aquele ambiente super convidativo que você entra e já se sente em casa?! Quentinho, intimista, aconchegante… No menu, montado pelo renomado chefe Paco Ronceiro, destaque para os tapas (de atum, ceviche e outros frutos do mar) e pratos principais. A carta de vinhos não deixa a desejar nem um pouco. Muy bueno!

estado-puro-restaurante-shanghai-xintiandi-espanhol

Estado Puro dicas restaurante Shanghai espanhol tapas

Endereço: Unit 3, Building 22, North Plaza, 181 Taicang Lu, near Huangpi Nan Lu | 太仓路181弄新天地北里22号楼1层03单元, 近黄陂南路

Jantar no The Bund

O tour gastrônomico terminou com um jantar no The Bund, a região mais turística de Shanghai. E, sinceramente, onde se tem a melhor vista noturna da cidade. Os melhores restaurantes estão ao longo da ZhongShan Lu, a principal avenida. Você pode escolher entre o italiano Atto Primo, o francês Mr. & Mrs. Bund, o espanhol El Willy ou o americano POP, só para citar alguns. Ah, e todos eles tem aquela vista maravilhosa do Rio HuangPu, dos prédios modernos e iluminados de Pudong e da atração principal: a Pearl Tower <3 No próximo #DestinoChina eu falo mais sobre o meu restaurante favorito.

Claro que depois desse tour gastrônomico eu corri para a academia na semana seguinte hahaha

Se gostou das dicas ou tem outras, deixe seu recado aqui embaixo 😉

Bom apetite!

 

19 janeiro, 2016
Destino China | Latina Grill, o sabor brasileiro na China
Destino China, DICAS

Pensa no melhor churrasco que você já comeu ou na melhor churrascaria que você já foi na sua vida. Pensou? O Latina é melhor! Sério! Melhor porque você está a milhares de kilômetros distante da sua terra e porque, se voce está algum tempo na China, provavelmente, está a algum tempo sem comer carne de qualidade! E quando você está do outro lado da mundo, não espera comer um churrasco tão saboroso e suculento (eu como boa gaúcha, amo!).

Recentemente, fui almoçar no Latina Grill em Shanghai, e mostrei minha saga pelo Snapchat {add Chinachic8 para acompanhar minhas aventuras em tempo real} e sei que muitos seguidores que estão no mesmo barco que eu, ou seja, com saudades de casa, se deliciaram junto comigo. Sabe aquele ditado: a gente só dá valor quando perde?! Pois bem, depois que vim para a China e entendi que achar uma boa picanha, um filé, o tão simples e gracioso aipim (macaxeira, mandioca, ou seja lá como você chama), o pão de queijo salgado (aqui na China até tem algo parecido, mas é doce) seria tarefa bem difícil, eu passei a dar muito valor para a nossa comida brasileira.
.
O restaurante tem espeto corrido e à la carte e um buffet generoso de saladas, frios e acompanhamentos. Entre eles: feijão preto, espiga de milho, polenta, aipim frito, pão de queijo e várias outras delícias. Tem tudo conforme pede uma refeição em uma churrascaria de respeito! E caipirinha, claaaro…
.
Churrascaria Latina Grill espeto corrido carne Shanghai China

restaurante brasileiro china latina

 .

pao de queijo guarana
.
E além de todas essas delícias, agora eles tem até guaraná Antártica!! Eu não tomo refri, mas quis trazer um para minha amiga brasileira que também mora em Xiamen. Pena que me recolheram a latinha no aeroporto, já que na China é proibido carregar líquidos mesmo em voos domésticos. O mais engraçado foram os guardinhas do raio-x do aeroporto, que não conseguiram esconder a curiosidade e já pegaram a lata de guaraná na minha frente. Devem ter adorado a bebida.
 
Atualmente, existe cinco restaurantes em Shanghai, um em Shenzhen e um em Beijing (que inaugurou recentemente) e estão com planos de abrir um em Guangzhou neste ano. O maior deles, e acredito, mais frequentado, fica na Rua Tongren, número 88 e tem um ambiente incrível. A decoração conta com palmeiras, paredes cobertas por folhagens, vidros azulados no chão (que lembram o mar) e música brasileira ambiente. Clima todo montado para a gente se sentir no Brasil.
.
latina grill restaurante churrascaria china
Outros endereços:
Shangai – Latina Lujiazui, Rua Lujiazui Ring, nº 165
Shanghai – Latina Biyun, no Green City Leisure & Sports Center House. Rua Biyun, nº 633
Shanghai – Latina Grand Gateway Plaza, Hongqiao Rd, nº 166
Shanghai – Latina Science & Technology Museum, Yatai Shenghui Shopping Square, Century Avenue 2002
Shenzhen – SeaWorld, zona C
Beijing – Grand Summit Building, próximo da estação de metrô Liangmaqiao
Se você estiver em algumas dessas cidades, junta a família os amigos e não perca essa experiência DELICIOSA! 😛
26 outubro, 2015
Shanghai Fashion Week Street Style
MODA, Street Style

Se tem uma coisa que chama tanta atenção aos olhos da mídia e de nós curiosos apaixonados por moda, quanto os desfiles das semanas de moda, são os looks de street style. It girls, fashionistas e instagrammers preparam “O” look para arrasar fora das passarelas e chamar a atenção dos fotógrafos. E em Xangai, a capital da moda na China, não poderia ser diferente.

Os chineses tem uma criatividade incrível quando o assunto é look do dia e uma capacidade de compor produções com mistura de peças excêntricas – as vezes dá certo, as vezes não {relembre o estilo de se vestir das chinesas aqui}. Depois de vermos o que rolou nas passarelas do Shanghai Fashion Week Spring 2016, vamos conferir as produções e outfits das chinesas?!

look branco all white chinese style assimetricostreet style China Shanghai listrasstreet style China Shanghai mix de estampas printshanghai fashion week street style printsblack and white outfit look preto e branco

Imagens WWD

Os looks all white são um caso de amor a parte, já dominam as produções há algumas temporadas e são presença constante dentro e fora das passarelas. E o clássico preto e branco, nem se fala, composição que não tem erro! E pode ver que dá para combinar de infinitas maneiras, entre elas – calça + blusa, camisa + blazer ou maxi camisa com bota longa.

As listras já estavam em alta na ultima temporada de verão e apareceram em alguns desfiles primavera/verão das fashion weeks internacionais. E muito, muito nos looks de street style. Elas dão um toque de seriedade à produção e as listras verticais são ótimas aliadas para quem quer parecer mais magro e longilíneo.

E quem ainda não aderiu ao mix de estampas, por favor, inspire-se! O mix de estampas deixa o look super interessante e é uma das apostas do próximo verão, há quem diga, não é Chanel? A grife não economizou no uso de prints diferenciadas em seu ultimo desfile, no Paris Fashion Week. Vale usar look todo com a mesma estampa também, que fica incrível e cai super bem nos dias mais quentes e ensolarados!

Para finalizar, acredito que super vale essa “comparação” entre as produções de moda internacionais e da China, e estou achando que o conceito fashion no ocidente e no oriente estão bem alinhados. Concordam?

28 julho, 2015
Xangai, o paraíso das compras
China, Compras, DICAS, VIAGENS

Fiquei algum tempo pensando em como e por onde começar a escrever esse post sobre compras em Xangai. Assim como Hong Kong, Xangai tem infinitas opções de compras, para todos os estilos, gostos e classes sociais e fica difícil colocar em palavras a experiência que é ir as compras nesse lugar. É o paraíso das shoppaholics e também da pechincha.

Se está a procura de…tudo | Nanjing Road

Essa é uma das ruas comerciais mais extensas do mundo, com quase 6 km e você, definitivamente, não pode sair de Xangai sem conhecê-la. Ela é divida em duas partes: leste e oeste. E não importa em qual lado você esteja ou o que você procura, certamente você achará algo de seu interesse.

A East Nanjing (Nanjing DongLu) começa logo após o The Bund e tem todas as lojas que você pode imaginar, desde as famosas marcas internacionais de moda e lojas de departamento até pequenas shops especializadas em produtos chineses. É nesse lado que fica a rua de pedetres de 1 km (no cars here, apenas trenzinhos que carregam os pedestres mais cansados rsrs), onde você encontra uma Forever 21 gigante de 4 andares (!!!), Zara, H&M, Sephora, uma loja enorme da M&M’s, um shopping com as melhores grifes e agora está para inaugurar uma loja bem vistosa da Dolce & Gabbana.

Nanjing East Shanghai China compras

Forever 21 shanghai nanjing road compra fast fashion

O chato daqui é que os vendedores de rua (aka de produtos fake) vão te abordar o tempo tooodo, oferecendo “watches, bags, scarfs… good quality” e te seguem até você dizer não ou fazer cara feia. Seja firme e diga “Bu yao” – “não quero” em chinês – até eles arranjarem outro para atormentar.

Com o cair da noite, a rua de pedestres fica decorada com muitas luzes, repleta de painéis luminosos. Tem que passar por aqui para conhecer, mesmo se não tem planos de comprar algo.

Nanjing Rua de pedestres noite luzes

Nanjing night lights Shanghai luzes

A East Nanjing acaba após a praça People Square, que é onde começa a West Nanjing (Nanjing XiLu). Aqui é onde ficam as lojas de luxo e os shopping centers caros, tais como o City Plaza, IFC Mall, Plaza 66, Citic Square e muitos outros centros comerciais, que comportam lojas das melhores grifes do mundo: Chanel, Dior, Prada, Versace, D&G, Chloe, Louis Vuitton e muito mais, estão a cada esquina, praticamente. Mas, a menos que você pretende gastar muuuito bem, não se anime, os preços dos artigos de luxo na China são bem altos (competem com os preços no Brasil).

E é neste lado que você encontra também o, popularmente chamado, fake market. De fora, parece um mini shopping center, mas é só entrar e ver os pequenos estandes com as paredes abarrotadas de roupas penduradas, com todos os tipos de eletrônicos, sapatos e tênis da Nike e Adidas e prateleiras cheias de bolsas e acessórios de grife. Tudo cópia ou réplica dos originais, claro. Vale a pena conhecer? Se você quiser experimentar o verdadeiro estilo de compra chinês, com certeza! É o lugar certo para pechinchar. Eu acho que vale a pena para comprar roupas para crianças (elas crescem tão rápido né!?). Tem muita coisa fofa, réplicas da Polo, Tommy, Diesel, Zara, entre outras marcas e a qualidade é ok. Mas nunca pague mais do que 50% do preço inicial do vendedor. É claro que eles vão olhar para sua cara, ver que você é estrangeiro e cobrar um preço absurdo. Aí você oferece o seu preço, eles fazem um drama “no no no my friend, this is good quality“, tudo cena, seja firme e mantenha o preço. Ou finja que desistiu da compra e vá embora, eles vão atrás de você tentando fechar negócio. No início é divertido, mas depois cansa rsrsrs

As melhores réplicas de relógios e bolsas estão escondidos em compartimentos secretos (não, não é exagero) e se você tiver interesse, tem que pedir com jeitinho para o vendedor pelos produtos “really good quality” e ele vai te levar até eles.

Entrada fake market A P Plaza Shanghai

fake market bolsa roupa mala

Se está a procura de… cultura e arte chinesa | Old Town

Se você está interessado em lembrancinhas, antiguidades, pinturas, chás, artesanato, bijoux, roupas de seda e vestes tradicionais chinesas, os arredores do Yuyuan Garden é o lugar certo! Assim que você chegar na região da Old Town, já dará de cara com várias lojinhas lado a lado, vendendo de tudo um pouco. Tem até inseto empalhado sendo vendido em caixinhas ou com cordões, para serem usados como colar ou pulseira (?). Eu chamo de lugar das “tranqueiras”, aquelas bugigangas que não tem muita utilidade, mas que a gente adora ver e comprar. Mas na verdade, tem muita coisa legal, sim. Dá para comprar presentes para a família inteira aqui. Eu gosto muito dos lenços de seda, das pulseiras coloridas e outros acessórios para cabelo e dos penduricos fofos, que estão super em alta agora, para usar preso na bolsa. Mas não se esqueça de barganhar. Sempre, ok!?

Yuyuan Garden compras cultura artesanato chines

Enfeite bolsa china

Se está a procura de… moda feminina de luxo e beleza | Huaihai Road

Essa é outra famosa rua comercial e é conhecida como a Champs Elysees de Xangai, por ser localizada na parte onde era a concessão francesa da cidade e por isso, ainda tem muitos prédios no maior french style. É o lugar para mulheres que gostam de moda e estilo. Tem vários shoppings centers com lojas de luxo, boutiques e outras fashion stores com preços mais acessíveis. Os centros comerciais mais famosos são o Times Square e o International Shopping Center. É gostoso de passear por essa rua, mesmo sem intenção de fazer compras. Huaihai Road compras lojas xangai

Huaihai Road French concession passeio turismo shanghai china

Xangai não tem os outlets de Hong Kong, mas lugar é o que não falta para comprar e/ou pechinchar. Gostaram das dicas? Deixe seu comentário e boas compras! :)

24 julho, 2015
O deslumbrante Yuyuan Garden |Um jardim para conhecer em Xangai
China, DICAS, VIAGENS

Yu yuan Garden Shanghai China

Eu já falei dele aqui no blog, mas o Yuyuan Garden é um lugar tão especial e bonito, que merece um post só sobre ele. Mesmo não sendo a minha atração preferida em Xangai (quem curte a Fanpage e segue no Insta já deve ter percebido que eu amo o The Bund e a Pearl Tower), o jardim traz a essência da antiga e tradicional China e todo turista que vem ao país deve conhecer.

O Yu Garden fica no coração da Cidade Antiga de Xangai a poucas quadras do The Bund. Ele foi construído em 1577, ainda na Dinastia Tang, para que os chineses pudessem desfrutar de momentos tranquilos e felizes. Yu, em mandarim, significa agradável, gratificante. Hoje em dia, é um dos destinos mais turísticos da China e está sempre cheio. E por sua beleza natural e arquitetônica e pelo peso cultural que carrega vale muito a visita.

Cidade Antiga Shanghai centro
Cidade Antiga, chegando ao Yu Garden
Yu Garden jardim lago peixe
O lago cheio de carpas e a ponte em zigue-zague, bem no centro do Yu Garden
Estrangeiro e chines Yu Garden
E os chineses, como de costume, gostam de tirar foto com os estrangeiros. Essa menina quis tirar foto com a minha mãe. Querida!

Para entrar no jardim privado, repleto de verde, pedras e lagos com carpas, é preciso pagar 30 RMB, o que equivale hoje, 2015, a R$ 15. O ticket pode ser comprado na hora mesmo, próximo a entrada do jardim. Se por fora já é lindo, dentro do jardim é encantador!

lago jardim Yu Garden Cidade Antiga Shanghai
À entrada do Yu Garden. Lindo demais!!!

E claro que como todo lugar turístico, as imediações do jardim são repletas de lojinhas que vendem de tudo: roupas de seda, acessórios handmade, antiguidades, chás, lembranças, brinquedos, de tudo um pouco. Nunca pague pelo primeiro preço que o vendedor te pedir, a graça do negócio é pechinchar.

Ruas chinesas Yu Garden
Ruas de pedestres, no maior estilo chinês. São várias, é fácil se perder por aqui
compras lembraças souvenirs chineses
Uma entre tantas lojas de lembrancinhas chinesas

E se bater a fome, o que não falta por aqui são barraquinhas de petiscos chineses, com os famosos dim-sums (pastelzinhos fritos ou cozidos no vapor com recheios variados) e os dumplings. E é no Yu Garden, logo depois da ponte em zigue-zague, que fica a casa de chá mais tradicional da cidade, a Huxing Ting.

Lojas comida passeio turistico
Olha a chinesa de vermelho devorando o que parece ser um noodles, no meio da rua!

O lugar é muito bonito e qualquer turista não pode ser de Xangai sem conhece-lo. Reserve pelo menos uma manhã inteira ou uma tarde para visitá-lo (se não gosta de multidão, evite os finais de semana). Para chegar lá, é só pegar um metrô até a estação Yuyuan Garden, seguir o fluxo de pessoas pela Henan Road até avistar essas construções estilo chinesas. E aí é só curtir cada pedacinho!

Então, gostaram de conhecer um pouco mais do Yuyuan Garden? Deixe seu comentário!

21 julho, 2015
Top bares e restaurantes para sair e se divertir em Xangai
China, DICAS, VIAGENS

Antes de começar a falar sobre bares e restaurantes preferidos de Xangai, quero deixar bem claro de que estes se tratam de uma escolha pessoal minha, baseados na experiência que tive em cada um deles. Xangai tem inúmeras opções de bares, restaurantes e baladas e eu ainda não tive a oportunidade (e nem tempo suficiente) para conhecer todos. Então, aqui estão os lugares que eu fui, gostei e aprovei e indico para amigos ou quem mais perguntar. Os amigos que já foram também aprovaram, viu.

Para começo de conversa, já adianto: todo turista deve ir em pelo menos um bar/restaurante no rooftop de algum prédio do The Bund, para apreciar a vista maravilhosa de lá. Se o dia está bonito e ensolarado, minha dica é esperar pelo sunset (e consequentemente pela Pear Tower se acender) tomando um drink em algum bar. Quem me acompanha nas redes sociais {Face China Chic Blog e Insta @ChinaChic} ou leu meu último post, já deve ter percebido que eu amo a tal da torre rsrsrs. Mas vê-la ao vivo, toda iluminada, é realmente mágico (eu fico mais emocionada com a Torre de Pérola do que com a Torre Eiffel, me julguem!). Mas vamos ao que interessa…

Para quem procura um lugar mais calmo e com comida boa, eu sugiro o restaurante POP, no último andar do prédio Three On The Bund. O restaurante inaugurou há poucos meses, mas já é sucesso. Até tem um barzinho, mas o movimento não costuma ser muito intenso como no restaurante. Geralmente é bom fazer reserva, mas em todas vezes que fui tinham mesas vagas.

Vista do rooftop Pop restaurante
Vista mais gostosa ever no 6º andar do Bund, n 3
janta delicia frango Pop restaurante
Minha pedida: frango com creme de milho e pure trufado, delícia

Já quem procura um agito, o Bar Rouge ou o Vue Bar no Hyatt são os lugares certos. Ambos com música boa, deliciosos drinks e localização e vista perfeita no The Bund. Os bares abrem em torno das 17 horas, mas em certos dias da semana, o negócio começa a esquentar e a festa rola até a madrugada.

Festa Bar Rouge The Bund Shanghai China
Baladinha a céu aberto no Bar Rouge, bem mais ou menos rsrsrs
Vista da Pearl Tower Bar Vue Hyatt hotel
Drink with a view. Esperando o pôr do sol no Vue Bar – Hyatt

Próximo dessa região fica a M1NT, um club com restaurante, bar e balada. Adoro isso! Você sai pra jantar e se animar, é só dar uma esticadinha até o outro lado do corredor (com dois aquários enormes com baby tubarões) e curtir uma festa com dj e tudo. A decoração do lugar é incrível e a vista melhor ainda. Para entrar não precisa pagar (acho que isso rola só no Brasil mesmo), mas tem aquele esquema que só entra quem está bem vestido ou é membro do club. É super conhecido pelos estrangeiros. Fui na After Party da formula 1 que rolou em abril e estava demais, animação e gente bonita, nem parecia que estava na China kkkk

M1nt corredor Aquario bebe tubarão decoração incrivel
Coisa mais linda esses aquários, né gente?! Fico boba com os mini tubarões
After Party Formula 1 M1NT Xangai
Yes! This is real! Dançarinas caracterizadas, performances em cima da mesa e muitas luzes. Super divertido!

Outro bairro gostoso para sair a noite é o Xintian Di, super charmoso e com várias opções. Eu gosto muito da comida e do ambiente do Kabb (tem em outros endereços), mas quando o assunto é agito, a pedida é o bar da Paulaner. Cervejeiros/choppeiros de plantão e apreciadores da comida alemã vão adorar! Toda noite tem banda, que começa com músicas de bolero bem suave e depois animam e levam a galera pra pista com músicas pop, rock e salsa. Está sempre lotado de segunda a segunda.

happy hour cerveja margarita Paulaner bar
Vai um chopp ou uma margarita aí?

Pudong, o bairro mais novo de Shanghai também é cheio de bares tops. Álias, o bar mais alto do mundo fica lá – o Cloud 9. Ele fica no 87º andar do Grand Hyatt hotel e precisa pegar três elevadores, para chegar até lá. Crazy né!? Mas vale a pena, a vista 360º de Pudong é de cair o queixo. Outro bar muito bem recomendado é o Flair, que tem um lounge enorme a céu-aberto no alto do Ritz-Carlton hotel.

Noite em Shanghai vista bar Cloud 9 Grand Hyatt China
De tirar o fôlego a vista do Cloud 9 (precisava de um emoji agora pra mostrar minha cara de “uauuu”)

De dia, seja para breakfast, brunch, almoço ou lanche da tarde eu adoro o Baker & Spice. Uma padaria, que além de sanduíches e doces, serve saladas e massas deliciosaaas. Ah, os croissants são de outro mundo, até deu água na boca só de lembrar :P. Tem vários endereços, mas sempre vou no do Shanghai Centre na West Nanjing Road.

Todo dia tem algum evento, festa, show acontecendo em Xangai, é só ficar ligado. No site Smart Shanghai tem de tudo e para todos os gostos.

Depois me contem se aprovaram as dicas.

Zai jien/ até logo!

20 julho, 2015
Um tour por Xangai
China, DICAS, VIAGENS

Na última semana fiz um tour por Xangai e, quem segue o blog nas redes sociais, pôde acompanhar tudo por lá {não acompanha ainda? segue no Insta @ChinaChic e Snap ChinaChic8}. Já é o terceiro tour que faço pela cidade e sempre amo. Xangai é a maior cidade da China e um dos lugares mais diferentes que ja visitei na vida, é única. Tem paisagens gostosas de ser ver como o Rio de Janeiro e é tão urbana e cheia de coisas para se fazer quanto São Paulo. No primeiro post (de muitos que pretendo fazer) sobre a cidade, vou falar sobre os lugares must-see. Acho importante situar o leitor/turista sobre o lugar e o que tem pra fazer.

Minha região preferida é o The Bund, o símbolo da era colonial. De um lado da avenida ZhongShan Lu estão os prédios construídos a séculos atrás, no estilo neoclássico, e que hoje foram transformados em hotéis, bancos e trading houses – a maioria com bar/restaurante no rooftop, que proporciona um belo visual do rio Huangpu e da Pearl Tower.the bund noite linda xangai china

E do outro lado da avenida está o calçadão que recebe uma multidão de turistas por dia, querendo ver e fotografar a Pearl Tower e os prédios altissímos de Pudong. A torre de TV é a sexta mais alta do mundo e principal highlight de Xangai (acho até que é o principal cartão postal da China). A pedida é esperar pelo pôr do sol saboreando um delicioso drink em algum dos bares e admirar as luzes da Pearl Tower se acender ao escurecer. Ela fica ainda mais linda iluminada, piscando e mudando de cor. Eu sempre fico encantada!

shanghai the bund vista pudong pearl tower

drink happy hour the bund restaurante Pop

Em frente ao The Bund, do outro lado do rio Huangpu fica Pudong, onde estão os prédios mais altos e novos da cidade e onde fica também a Pearl Tower. Você pode subir nela, mas sugiro subir até o observatório do Shanghai World Financial Center, um dos prédios mais altos do mundo (o que parece um abridor de garrafa de cerveja) e de lá apreciar a torre e o resto da cidade.

Pearl tower Torre de Perola TV Pudong Xangai

Alguns metros de distância da região do The Bund fica a Old Town. E como o nome já diz, é a parte antiga de Xangai, super conservada. E isso é o que mais me fascina nessa cidade: uma zona antiga e reformada, como o The Bund, que agrega os melhores restaurantes, hotéis e boutiques, ao lado da tradicional e antiga verdadeira China, com construções criadas e mantidas desde o século XVI. É aqui que fica o famoso YuYuan Garden.yuyuan garden jardim china lago

Yuyuan Garden Xangai China

Para fazer compras, opções é o que não faltam, mas eu gosto e indico a Nanjing Lu (Lu = Rua, em chinês). A Nanjing East é pertinho do The Bund e tem de tudo, desde lojas caras a marcas fastfashion. Já na Nanjing West ficam concentrados os shoppings com lojas mais tops, grifes e é onde você pode apreciar, com muito brilho nos olhos, as vitrines de Gucci, Prada, Louis Vuitton e muuuitas outras.

nanjing compras em xangai - Zara, Forever 21, HM

E não dá para deixar de conhecer Xintian Di, que é outro bairro que adoro, principalmente para nightlife. É super descolado, com várias opções de restaurantes, bares e cafés moderninhos. Nem parece China e acho que por isso, muitos expatriados escolhem esse local para morar. Tem o bar da Paulaner que é sempre bem animado (a comida e a bebida são ótimas), entre tantos outros. Vale a pena visitar o bairro durante o dia também, para um agradável stroll nas ruelas de pedra.

Ruas pedra bairro Xintian di Xangai

Fonte rua pedestres Xintian Di

Em Xangai, você consegue ir a qualquer lugar de metrô ou táxi, que é muito barato. Para me guiar no metrô eu uso o aplicativo Shanghai Metro Map and Route Planner, é free. O app Shanghai Taxi Guide também é bem útil. Ele traduz, do inglês para o mandarim, o endereço do lugar que pretende ir, para mostrar ao taxista.

Xangai é realmente demais! Me divirto muito a cada vez que eu vou. São várias dicas para compartilhar e vou postando aos poucos. Se você gostou ou quer mais dicas, deixe seu comentário!